29/08/2022 às 18h02min - Atualizada em 29/08/2022 às 17h28min

Do Gospel ao Pop: Trajetória de sucesso de Priscilla Alcantara

A artista diz que tem medo de ser sempre igual

Bruna Pereira - Revisado por Vanessa Kelly
A artista de 26 anos se jogou de vez da carreira pop. (Foto: Reprodução/UOL)
A artista de 26 anos se jogou de vez na carreira pop. (Foto: Reprodução/ UOL).

 

As crianças que cresceram nos anos 2000 certamente irão se lembrar do programa “Bom Dia e Companhia”, exibido pela emissora SBT. Entre tantos apresentadores que passaram pelo programa, uma dupla se destacou. Foi durante o período de 2005 até 2013, que uma das duplas mais famosa estiveram no comando do programa infantil, sendo eles Priscilla Alcântara e Yudi Tamashiro. 
 

Priscilla tinha apenas nove anos quando iniciou sua carreira no SBT e de lá para cá muita coisa mudou. Ainda no período em que trabalhava como apresentadora em 2009, a menina lançava seu primeiro álbum gospel nomeado de “O ínicio” e em 2010 o albúm “Meu Sonho de Criança”. Desde muito nova sempre esteve na mira da mídia, e na sua adolescência era especulado se ela e o companheiro de trabalho Yudi, quatro anos mais velho, tinham algum tipo de relacionamento amoroso. Boato que sempre foi negado pelos dois. 
 

Em 2012 ela lança seu primeiro álbum sem músicas infantis. Depois de sair do SBT a jovem começou a se dedicar totalmente a carreira de cantora. E foi em 2015 que suas músicas começam a fazer mais sucesso com o álbum “Até Sermos Um”. Nessa época, a capa do seu CD já trazia uma identidade visual totalmente diferente. Com os cabelos pintados de loiro e um aspecto mais artístico, Priscilla começou a mostrar mais de sua personalidade no meio musical. 
 

No Youtube, a cantora também começou a fazer sucesso com seu canal “Vlog de Tudo”, onde ela trazia um pouco da sua visão do mundo, sua vida religiosa e também convidava para entrevistas amigos conhecidos como, Maisa Silva, que também era apresentadora do “Bom Dia e Companhia” e o próprio Yudi. Atualmente, o canal não recebe mais atualizações pela artista.
 

Priscilla sempre foi bastante criticada no meio evangélico por seu jeito mais irreverente, estilo despojado e a forma de lidar com questões religiosas. Porém, nenhuma das críticas fez com que a artista deixasse de produzir sua arte. 
 


 

Inovação em letras evangélicas 
 

Ainda como cantora gospel, as composições musicais de Priscilla sempre tiveram temas diversos e para quem acompanha a carreira da jovem, percebe como a mesma sempre se mostrou uma artista única para o meio. Em músicas como “Liberdade”, a jovem demonstra descontente com seu estado atual, onde se sente presa e busca uma forma de se sentir livre. Segue um trecho da música. “Não parece certo alguém/ Que tem asas ser colocado/ Dentro de uma caixa, sem ver/ A luz do sol brilhar (...). A liberdade me chamou de canto e disse assim/ Não deixe nada te dizer quem você é/ Você é o que vê em mim/ Eu aprendi a voar (...). Essa dentre outros singles que foram lançados como “Me  refez”  e “Tanto faz” a cantora reflete seus pensamentos a cerca da sua vida espiritual.  
 

Em 2018 era lançado um albúm importante de sua carreira nomeado de “Gente”. Foram oito músicas inéditas abordando saúde mental, empatia e sobre erros e acertos que fazem parte da vida cotidiana das pessoas. O sucesso das músicas foram tantos que este foi o primeiro álbum da cantora indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Cristã (Língua Portuguesa). Na música de mesmo nome do álbum, a cantora ressalta sobre sofrimento e força. “Sofrer não muda quem sou/ Não me faz menos merecedor/ Sofrer me faz perceber/ Que mesmo frágil eu posso ser/ Profissional em me reerguer”. No ano seguinte foi lançado por Priscilla um projeto audio visual de duas músicas lançado no Setembro Amarelo (Mês de Prevenção ao Suicidio) chamado “Linda Bagunça” e “Final da História”, sendo este uma conclusão do projeto anterior e que reforça a importância de cuidar da saúde mental. 
 

Um sucesso chamado Girassol 
 

Composição do humorista Whindersson Nunes, a canção Girassol virou um verdadeiro sucesso do meio musical de forma inesperada. A música foi uma homenagem que Whindersson fez ao seu amigo Gabriel Diniz que fatalmente faleceu em um acidente de avião em maio de 2019. Amigo de Priscilla, o humorista pediu para que a cantora gravasse a música apenas para que ele pudesse ouvir. Só não era esperado que quando Whindersson compartilhasse nas suas redes sociais o print da conversa com a amiga junto com o áudio da versão feita por ela de forma caseira, a canção se tornaria um verdadeiro sucesso. Girassol, é uma canção que tocou muitos corações por abordar temas como perda, cura, amor e fé. 
 

Transição no meio musical
 

Os dois últimos anos foram decisivos na vida de Priscilla Alcântara. Com o isolamento social devido a pandemia do Corona Vírus a cantora se reinventou. No final de 2020 a cantora transformou todas as críticas que recebe sobre sua vida pessoal e artistica, em um novo single batizado de  "Correntes". No videoclipe, ela aparece saindo de uma festa e então olha em seu celular e se depara com uma série de comentários negativos sobre ela nas redes sociais. A mensagem que a artista passa na música é que não será presa por “correntes”. 
 

No entanto, foi no ano passado que a cantora anunciou que estava saindo da musica gospel e entrando de vez no universo da música pop. Seu single de estreia foi “Tem dias” e um trecho da música revela sua vontade de mudar “Não ser sempre igual/ Quem vou ser no final/ Dá medo de errar/ Pior é nem tentar”. Nas suas redes sociais ela lançou um projeto “Aprendiz do Pop”, que se trata de vídeos curtos onde ela mostra sua trajetória em sua nova fase. 


 

Reality Show e trabalhos como apresentadora
 

Outro ponto de virada na carreira de Priscilla foi ter participado e sido vencedora do programa da Rede Globo The Masked Singer Brasil, onde famosos são convidados a se apresentarem mascarados. Durante as apresentações, os telespectadores ficavam impressionados com a potência vocal da Unicórnio, fantasia usada pela cantora. Na segunda temporada do programa, Priscilla voltou aos palcos mas dessa vez como apresentadora dos bastidores. 
 

Jornada POP e muitas parcerias 

Após o sucesso do programa, a artista aproveitou para dar continuidade nos seus trabalhos no universo de música Pop. Seu álbum “Você aprendeu a amar” foi lançado no ano passado e de lá para cá foram surgindo algumas parcerias musicais. Sendo elas com Projota em “Meu sim e todo seu” e Emicida em “Você aprendeu a amar”. A artista também subiu no palco do Lollapalooza com a cantora Gloria Grover para cantar a música “Sobrevivi” e a dupla fez bastante sucesso na internet. 

 

A artista mais uma vez trabalhou como apresentadora no programa do Multishow, chamado Tvz. Em todos os episódios era convidado um artista diferente para participar e nas apresentações musicais além de duetar com os convidados, Priscilla dava uma verdadeiro show cantando músicas de artistas famosos como Beyoncé e Whitney Houston. E sua nova parceria será com o cantor Vitor Kley com o single “Tudo Pah”.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »