24/10/2022 às 21h51min - Atualizada em 24/10/2022 às 21h36min

Madonna: 40 anos de carreira e a transformação do pop

Contrariados críticos que lhe dava apenas seis meses de carreira, Madonna chega a quatro décadas de sucesso mostrando sua versatilidade e o porquê recebeu o titulo de rainha do pop

Gean Rocha - editado por Larissa Nunes
Madonna celebra 40 anos de carreira. (Foto: Reprodução / Gulf Today)

Um dos maiores e mais longevos ícones vivos da cultura pop celebra 40 anos do lançamento de seu primeiro single, “Everybody“. Ao longo de sua carreira, Madonna acumulou números astronômicos e que ditou as regras para todas as cantoras e cantores que desejavam ser um artista global.

 
Clipe de "Everybody" single lançado há 40 anos. (Reprodução/ Youtube - Madonna)


Com diversas fases marcantes e músicas que se distanciavam do convencional, a Rainha do Pop deu sua visão atual sobre o cenário da música pop e disse acreditar que a música pop mudou bastante nos últimos anos. Para ela, 'as músicas mudaram' e também 'há muitos artistas nas músicas'.

Para Ricardo Cazelato, presidente do Grupo Madonna no Facebook, Madonna transformou o pop que conhecemos pela perfeição, excelência e qualidades em seus trabalhos.

“Madonna tem mania de perfeição. E todos seus trabalhos são cheios de referência e qualidade. Ela mistura moda, atitude, talento e suas opiniões. Com esta persistência ela foi construindo uma carreira sólida onde cada videoclipe, álbum ou show virou marca no mundo pop. Tanto que as cantoras mais novas sempre estão alertas em tudo que ela faz ou fez durante estes 40 anos. Porque ficar sempre em evidência por quatro décadas não é por acaso” comenta.



Durante sua carreira, ela deu voz ao empoderamento feminino como canções como: "Like a Virgin" ou "Material Girl" ou "Express Yourself" ou "Papa Don't Preach".

“Eu não tenho que viver no mundo de um homem, vivendo sob o olhar masculino pelo resto da minha vida. Posso olhar a vida de uma maneira diferente e não me acomodar. Posso ter minha própria voz e minha própria visão” disse Madonna em entrevista para Paper Magazine.

Leia mais: Madonna: um ícone atemporal
Madonna: rainha do pop é muitas versões em uma só

Madonna sempre apostou em clipes com elementos fortes na moda, sexualidade e a construção de uma imagem individual para se apresentar como um sedutor objeto sexual e como transgressor de normas estabelecidas.

O lançamento de seu álbum “Erótica” junto com seu “Sex” book chocaram o mundo e mostrando mais uma vez a autenticidade da Rainha do Pop. “A busca de novidades sempre esteve presente em seu trabalho, raramente você a vê fazendo alguma referência aos trabalhos antigos, sempre atenta ao novo e não se apegando ao passado” é assim que define Elias Sampaio, fã de Madonna, sobre ela está sempre se reinventando.

Em um discurso forte e empoderado, Madonna reconhece que pode ter chocado o mundo cantando sobre gravidez na adolescência, por ter queimado cruzes em videoclipes e simulando masturbação no palco. Mas a coisa mais polêmica que ela já fez foi permanecer por viva.

“Madonna mexeu no imaginário das pessoas e acabou incomodando muitos que não tinham coragem de fazer ou falar o que ela realiza com propriedade. Isso geriu muita polêmica ao longo de sua carreira que foi sempre ponto positivo para ela e assim abriu portas e a mente das pessoas para pensar um pouco mais” ressalta Cazelato sobre Madonna ter sido tão perseguida em sua carreira.

Para Elias, o simples fato de ser mulher, já foi o suficiente para ela ser perseguida. “Ela já começou a carreira com um batalhão de homens dizendo que ela não ia durar. Em 1985 há uma matéria icônica anunciando que os pais não deveriam se preocupar, que ela não passaria do próximo verão. Volta e meia é anunciada uma nova Madonna. Lady Gaga deve ter sido a centésima nona nova rainha do pop. Já parou para pensar que isso não acontece com Michael Jackson ou Elvis Presley, eternos reis do pop e do rock?”



De Britney Spears à Dua Lipa, de Christina Aguilera à Taylor Swift. Artistas bem diferentes como P!nk, Adele, Miley Cyrus e Rosalía reconhecem sua influência. Lady Gaga a definiu como “a maior popstar de todos os tempos” em entrevista ao DJ Zane Lowe.

Mas para os fãs, assim como Elias, ela se construiu sozinha, o amor ao que ela faz e muito trabalho é o segredo para o seu sucesso. Já para Ricardo, Madonna sempre soube tirar proveito de todos momentos sem ter preguiça e sua vida particular sempre foi reservada e disciplinada. Não se deixou deslumbrar com sucesso e fez questão de trazer nos trabalhos sua marca e personalidade que são bem fortes e provocantes.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »