21/08/2019 às 14h07min - Atualizada em 21/08/2019 às 14h07min

Primeira etapa da Copa de Kart Feminino aconteceu em Palmas

35 mulheres buscam mostrar que a presença delas nesse esporte também é essencial

Lúcia Oliveira - Editado por Paulo Octávio
Divulgação/FAT
No último sábado, 17, foi dada a largada para a primeira etapa da Copa Yano do Batom de Kart, em Palmas, Tocantins. Ao todo, a competição conta com 35 mulheres que disputam, além dos troféus, pontuação na Federação de Automobilismo de Tocantins (FAT). O Kartódromo Rubens Barrichello serviu de palco para o show das competidoras. A fim de trazer maior visibilidade ao esporte, a competição pretende superar vários obstáculos, principalmente os sociais. A modalidade feminina no Kart mostra que as mulheres podem - e devem - ocupar os diversos espaços que o mundo esportivo oferece e, além disso, demonstra também que, apesar de predominantemente masculino, o kartismo não é exclusivo dos homens.
 
A palavra "batom", que acompanha o nome da competição, também faz referência a uma categoria do Kart da FAT, que foi criada para, além de popularizar o esporte, integrar as mulheres e fortalecer a modalidade no estado do Tocantins. A organizadora do evento, Swellen Yano, vê com bons olhos a edição da Copa.   

"Essa realidade está no mundo todo,  já que as mulheres estão ocupando e participando de vários campeonatos. Durante os treinos e também nas ruas da capital, recebemos o apoio incondicional de todo mundo. Isso nos fortalece e também mostra que estamos no caminho certo"

As competidoras treinaram no Kartódromo, livre e coletivamente, dias antes do início da competição. Segundo Yano, isso foi imprescindível para que todas pudessem conhecer as pistas, aprimorassem suas técnicas e entendessem como as provas aconteceriam. "No treino livre, a participante aprimorou o traçado e também o ajuste do carro. Já no treino coletivo, ela desenvolveu habilidades de ultrapassagem e estratégia". Pelo traçado mais curto do local, a etapa inicial contou com uma bateria de 20 voltas. À medida que a disputa avança, as dificuldades aumentam. Swellen afirma  que:
 
 "A mulher também deve ocupar esse espaço no kartismo. É um esporte que envolve toda a família e apresenta inúmeros benefícios para a saúde. Esta modalidade mostra que podemos continuar femininas em um ambiente como o Kartismo"


Com quatro etapas ao todo, a Copa acontecerá entre os meses de agosto, setembro outubro e dezembro. Confira o calendário:
 
1ª Etapa – 17/08 
Local: Kartódromo Rubens Barrichello
Pista: 01
Voltas: 20
 
2ª Etapa – 21/09
Local: Kartódromo Rubens Barrichello
Pista: 02
Voltas: 20
 
3ª Etapa – 12/10
Local: Kartódromo Rubens Barrichello
Pista: 03
Voltas: 20
 
4ª Etapa – 07/12
LocaL: Kartódromo Rubens Barrichello
Pista: Principal
Voltas: 15
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »