28/10/2019 às 19h15min - Atualizada em 28/10/2019 às 19h15min

Corinthians e Ferroviária se enfrentam pelo bicampeonato da Libertadores Feminina

Com a oitava conquista em 11 temporadas, o Brasil tem hegemonia no torneio continental

Dara Oliveira - Editado por Paulo Octávio
Corinthians e Ferroviária duelam pela primeira vez na final da Libertadores. Foto: Divulgação/Twitter @LibertadoresFEM
Hoje é dia de decisão na Libertadores Feminina 2019. Após ser suspensa por um dia devido a crise social no Equador, o campeonato teve 18 dias de partidas, intensas e emocionantes. Agora, Corinthians e Ferroviária disputam a grande final da maior competição entre clubes sul-americanos. As duas equipes, que lutam pelo bi, em setembro, decidiram o Campeonato Brasileiro Feminino deste ano; a ferrinha levou a melhor nos pênaltisO duelo será transmitido pelo streaming DAZN, a partir das 21h30 (horário de Brasília), direto do Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito. Em 11 temporadas esta será a oitava conquista de  uma equipe do Brasil e a primeira final entre times do mesmo país. 
 
Confira a trajetória das equipes na Libertadores 2019:

CORINTHIANS
No grupo C da competição, o Corinthians enfrentou na primeira fase as equatorianas do Club Ñañas (3x1), as colombianas do América de Cali (3x1) e as paraguaias do Libertad Limpeño (2x2). Nas quartas de final, o clube paulista venceu a equipe chilena Santiago Morning (2x0). Na semifinal, com grande atuação, o elenco corinthiano assegurou vaga na final  após nova vitória diante time da Colômbia, dessa vez por 4 x 0. 


Abraço da vitória corintiana. Foto: Divulgação/CONMEBOL

FERROVIÁRIA
No grupo B, a Ferroviária começou a primeira fase com goleada histórica contra as bolivianas do Mundo Futuro (10x1), depois tropeçou na partida contra as equatorianas do Deportivo Cuenca (1x2), mas garantiu vaga na fase seguinte ao derrotar as venezuelanas do Estudiantes Caracas (4x1). Já nas quartas de final, a equipe derrotou as atuais campeãs do torneio, Atlético de Huila (3x2). Na semifinal, as atletas de Araraquara superaram o Cerro Porteño (2x1) e garantiram vaga na grande final.

Jogadoras se ajoelham e agradecem classificação. Foto: Divulgação/CONMEBOL

10 anos de domínio brasileiro na Libertadores Feminina
Independente do resultado entre Corinthians e Ferroviária está será a oitava conquista de uma equipe do Brasil no torneio que começou em 2009. Curiosamente será o oitavo triunfo de um time paulista. O São José é o maior vencedor com três títulos (2011, 2013 e 2014), seguido do Santos, à época com Marta e Cristiane, com duas taças (2009 e 2010). Já a Ferrinha (2015) e o Corinthians em parceiria com Audax (2017) tem uma. Sportivo Limpeño (2016), Colo Colo (2012) e Atlético Huilia (2018) também conquistaram à Libertadores Feminina.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »