14/11/2020 às 20h49min - Atualizada em 14/11/2020 às 20h43min

Vasco vence Sport e sai da zona de rebaixamento

Com participação do VAR, cariocas levam a melhor na partida fora de casa

Ludmilla Dias - editado por Stefany Cardoso
Germán Cano foi autor dos gols que resultaram na vitória do Vasco. (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)

O Sport-Recife recebeu o Vasco para disputa da 21ª rodada da Séria A, do Campeonato Brasileiro.  A partida ocorreu nesse sábado (14), na Ilha do Retiro, em Pernambuco. Apesar dos desfalques (quatro jogadores diagnosticados com Covid-19), os visitantes conseguiram manter um volume ofensivo maior, que resultou nos dois gols do atacante Germán Cano. Após nove partidas sem ganhar, o Gigante da Colina foi para cima do Leão, saiu do Z-4 e agora, com dois jogos a menos está em 15º na tabela. Com esse resultado, o Sport permanece em 10º lugar.

 

Há quem não goste do polêmico árbitro de vídeo, mas nesse jogo ele deu uma "força" para os vascaínos. Após três minutos de análise e partida parada, foi o VAR quem confirmou o segundo gol dos cariocas, que tinha sido impedido pelo bandeirinha.  

 

Primeiro Tempo

 

Na primeira etapa do jogo, quem dominou a posse de bola foi o Vasco, até os 30 minutos teve  62% contra 38% do Leão.  O Cruz-Maltino colocou pressão e aos 13 minutos teve uma boa chance com Neto Borges, que avançou com velocidade pela esquerda e encontrou Léo Matos na área para o cruzamento, o lateral fez chute direto, mas a bola foi para fora. Com 24 minutos, Léo Gil fez passe para Cano, que chutou direto, Maílson até tentou pegar, mas a bola acertou o cantinho esquerdo da rede. 

 

O rubro-negro teve duas oportunidades para empatar a partida, aos 17 minutos com Jonatan Gómez, que cobrou escanteio curto, a bola teve cruzamento na área, sobrou para Leandro Barcia que chutou direto para o gol, mas Fernando Miguel defendeu.  E nos acréscimos, Thiago Neves colocou a bola por cima para a área e encontrou Leandro Barcia. O atacante uruguaio até tentou, teve grande chance de acertar o gol, mas mandou por cima para fora, mas de qualquer forma, o árbrito marcou impedimento na posição do jogador.

 

Segundo Tempo

 

Com nove minutos de jogo, o Vasco marcou o segundo gol. Andrey lançou a bola, Neto Borges cruzou e Cano com apenas um toque marcou, mas o bandeirinha marcou impedimento. A jogada foi para análise do VAR, que validou o lance.

 

Sem muitas finalizações, o Sport perdeu uma chance de diminuir a vantagem carioca. Aos 18 minutos, o atacante Marquinhos recebeu pela esquerda, fez o corte para direita e chutou no canto esquerdo do gol, mas a bola passou perto da trave e foi para fora. Dois jogadores do Vasco levaram cartão amarelo: Audrey e Thiago Reis (aos 15 e 44, respectivamente). 

 

A  partida foi marcada por nove substituições. Todas elas ocorreram durante a segunda etapa, com destaque para saída do atacante Cano, que marcou os dois gols do jogo. Devido a pandemia o número de substituições subiu de 3 para 5.  

 

 

Próximos compromissos

 

Na próxima rodada do Brasileirão, o Sport recebe o Atlético-GO, dia 23 de novembro. O Vasco joga contra o São Paulo, dia 22, no Morumbi.  O Cruz-Maltino terá mais uma partida contra o Palmeiras, pela primeira rodada do Brasileirão, a partida tinha sido adiada por conta do Campeonato Paulista, a nova data ainda não foi definida.    

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »