26/01/2021 às 03h49min - Atualizada em 26/01/2021 às 03h39min

Flamengo perde para Athletico-PR fora de casa e vê distância para o líder aumentar

Tropeço faz com que rubro-negro fique sete pontos atrás do Internacional. Cariocas ainda tem um jogo a menos

Fernanda Passos - editado por Wesley Bião
Abner comemorando seu gol contra o Flamengo. (Foto: José Tramontin/Reprodução/Twitter Athletico-PR)

Em busca da vitória para se aproximar do líder, o Flamengo foi até a Arena da Baixada neste domingo (24) enfrentar o Athletico-PR. O time paranaense abriu o marcador com o zagueiro Abner Vinicius. O também defensor Gustavo Henrique empatou, mas o Furacão levou a vitória com gol de Renato Kayzer na reta final da partida. 

 

Com a vitória, o Athletico soma 42 pontos em 32 jogos e ocupa a 11° posição na tabela. Já o Flamengo - com um jogo a menos -  permanece com 55 pontos, a sete pontos do líder, na quinta colocação.

 

Com a suspensão de Bruno Henrique, Rogério Ceni apostou na dupla Vitinho e Gabriel Barbosa, mas no segundo tempo optou por substituir Gabigol por Pedro e manter Vitinho. Muito se falou que o camisa nove não gostou nada de ir para o banco e até discutiu com seu treinador.

 

Questionado em coletiva se houve alguma indisposição com o atacante, Ceni negou: “O Gabriel saiu reclamando que ele deu muitas opções e não recebeu.” Muitos torcedores estão insatisfeitos com o trabalho do técnico e suas decisões dentro de campo, principalmente com suas substituições.

 

PRIMEIRO TEMPO

 

A partida começou bem movimentada. Aos nove, Fernando Canesin tentou uma bicicleta. Ambas as equipes levaram o jogo para um ritmo rápido. O goleiro Hugo Souza teve que fazer boas defesas nos chutes de Carlos Eduardo e no rebote de Kayzer. 

 

O Athlético deixava o Flamengo avançar e quando tomava a bola voltava em velocidade levando perigo ao gol carioca.  Aos 25, Nikão cruza e Abner, de esquerda, faz o gol. Quatro minutos depois, Abner quase ampliou, mas parou em Hugo. 

 

Em cobrança de falta, Arrascaeta levanta a bola na área e de cabeça, Gustavo Henrique empata a partida. Antes de finalizar o primeiro tempo, Gabigol ainda tentou um chute que Santos segurou.

 

SEGUNDO TEMPO

 

A segunda etapa já começa com Nikão cobrando falta direta para o gol, mas o goleiro segura sem grande perigo. Diego responde arriscando de longe, mas a bola passa à esquerda do gol. Christian percebe a antecipação do goleiro, chuta do meio do campo, mas Hugo volta a tempo de se recuperar.

 

A partir dos 30 minutos, o Flamengo começou a atacar com finalizações de Gerson, Diego e Pedro, todas bloqueadas pela defesa dos donos da casa. Apesar dos cariocas estarem jogando mais ofensivamente, foi  o Furacão que ampliou o placar. No minuto 37,  Khelven cruza na área e Kayzer chuta sem chances de defesa para o goleiro adversário.

 

PRÓXIMOS CONFRONTOS

 

O Flamengo vai até Porto Alegre enfrentar o Grêmio na quinta-feira (28). Na segunda (01/02), é a vez de ir até a Ilha do Retiro encarar o  Sport Recife e depois terá um clássico contra o Vasco no Maracanã, na próxima quinta-feira (04).

 

O Athletico voltará a campo no domingo (30), contra o Ceará no Castelão. Na quinta-feira (04/02), recebe em casa o líder Internacional e depois, no domingo (07), vai até a Neo Química Arena enfrentar o Corinthians.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »