03/03/2021 às 12h37min - Atualizada em 03/03/2021 às 12h21min

Liverpool e Chelsea duelam nesta quinta-feira (4) em confronto vital para as duas equipes

Times estão separados por um ponto na tabela e fora da zona de classificação para a UEFA Champions League

João Vitor Figueiredo - Editado por Juan Camilo
Jogo é fundamental para as pretensões das equipes no campeonato. (Foto: AFP)

Nesta quinta (4), Liverpool e Chelsea fazem grande confronto em jogo adiantado da 29ª rodada da Premier League, às 17h15 (horário de Brasília), no estádio Anfield, casa dos Reds. Esta partida pode ser considerada o famoso “jogo de seis pontos”, visto que as duas equipes estão coladas na tabela, separadas por diferença mínima e na briga por vaga na próxima Champions League. O Liverpool ocupa a 6ª posição, com 43 pontos, enquanto o Chelsea está uma posição acima, com 44 pontos conquistados.
 

A partida marca também o duelo entre os técnicos alemães Jurgen Klopp e Thomas Tuchel, que encontram-se em situações distintas nas suas equipes. O primeiro é treinador dos Reds há mais de cinco anos e atual campeão inglês, mas que junto com o time não vive o seu melhor momento. Do outro lado, Tuchel assumiu o comando técnico do Chelsea há um pouco mais de um mês e até agora faz bom trabalho, sem sofrer derrotas em nove jogos disputados.

 

LIVERPOOL

A equipe de Anfield, campeã temporada passada, vem tendo até então atuações irregulares e sofrendo com desfalques, o que fez com que o time se afastasse da briga pelo título. Na última rodada, ao vencer o Sheffield por 2 x 0, os Reds quebraram a sequência negativa de quatro derrotas consecutivas no campeonato, o que dá um "refresco" para o clássico contra o Chelsea.


Para o jogo, o técnico Jurgen Klopp não poderá contar com Henderson e Van Djik, ambos que devem continuar fora por mais tempo em decorrência de lesões. Por outro lado, o treinador tem como certas as volta de Fabinho, recuperado de lesão muscular, do goleiro Alisson, que retorna após falecimento do pai, e também espera contar com português Diogo Jota, que foi relacionado na partida contra o Sheffield, mas ficou fora por ter adoecido nas vésperas do confronto.
 

Provável escalação: Alisson, Alexander-Arnold, Kabak, Fabinho e Robertson; Jones, Wijnaldum e Thiago; Salah, Mané e Firmino. Técnico: Jurgen Kloop
 

O brasileiro Fabinho retorna ao time do Liverpool em jogo decisivo contra o Chelsea. (Foto: Andrew Powell / Site Oficial Liverpool FC)


CHELSEA 

O time de londres vem de um empate em 0 x 0 no clássico contra o Manchester United. Entretanto, após a chegada do treinador Thomas Tuchel, que inclusive alterou esquema tático adotando a formação com três zagueiros, o Chelsea não foi derrotado no campeonato. Desde que o alemão assumiu, foram oito partidas, com cinco vitórias e três empates, sendo a última derrota no campeonato para o Leicester na 18ª rodada, ainda sob comando de Frank Lampard.
 

Para o clássico desta rodada, o treinador não deve ter maiores problemas para montar time. O zagueiro brasileiro Thiago Silva voltou a treinar, mas não estará disponível para a partida. Hudson-Odoi, que saiu no intervalo do jogo passado, treinou normalmente e não preocupa para o confronto desta quinta.
 

Provável escalação: Mendy, Azpilicueta, Christensen e Rudiger; Hudson-Odoi, Kante, Kovacic, Alonso; Werner, Mount e Giroud. Técnico: Thomas Tuchel

 

HISTÓRICO DOS CONFRONTOS

 

Em partidas disputadas pelo Campeonato Inglês, o Liverpool leva a melhor na história dos confrontos. Em 155 partidas, os Reds venceram 70 vezes, enquanto os Blues ganharam em 50 ocasiões e 35 jogos terminaram empatados. Jogando em casa, o aproveitamento do Liverpool contra o Chelsea é de 62%, sendo 48 vitórias em 77 partidas, contra apenas 11 jogos vencidos pelo time de Londres. O último duelo entre as equipes foi no dia 09 de setembro do ano passado, que terminou com vitória do Liverpool por 2 x 0 em Stamford Bridge, válido pelo primeiro turno do campeonato.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »