13/04/2021 às 23h58min - Atualizada em 13/04/2021 às 23h55min

Palmeiras e Defensa y Justicia duelam pelo título da Recopa Sul-Americana

Verdão tem pequena vantagem; já os argentinos buscam conquistar o seu segundo título intercontinental

Bruno Gomes Moura - editado por Anna Voloch
Gustavo Scarpa (Palmeiras) comemorando o gol da vitória no jogo de ida (Foto: Marcelo Endelli/POOL/AFP)
Palmeiras e Defensa y Justicia se enfrentam na noite desta quarta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pelo jogo de volta da final da Recopa Sul-Americana. O Verdão, após vencer os argentinos fora de casa por 2 a 1, na última quarta-feira (7), joga com a vantagem do empate para conquistar o título. Já o Defensa y Justicia precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, ou vencer por dois gols de diferença para conquistar o título no tempo normal. O jogo terá transmissão exclusiva do canal Conmebol TV para todo o Brasil.

PALMEIRAS

Após perder o título da Super Copa do Brasil para o Flamengo, no último domingo (11), o time de Abel ferreira poderá conquistar seu segundo título intercontinental nos últimos quatro meses. O time paulista conseguiu uma pequena vantagem na Argentina e precisa apenas do empate para conquistar o título inédito.

O Verdão deve contar com o retorno de Luiz Adriano, recuperado da Covid-19. Na manhã da última segunda-feira (12), o centroavante palmeirense realizou atividades físicas específicas e depois participou de um treino com bola, junto com o elenco. Ainda não se sabe se ele começará a partida no banco de reservas ou como titular. O volante Danilo Barbosa, que chegou recentemente de empréstimo do Nice da França, depois de se recuperar, voltou a treinar com bola e está à disposição do técnico palmeirense para a partida.

Provável Escalação: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Viña; Felipe Melo, Zé Rafael (Gabriel Menino ou Danilo) e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Luiz Adriano (Breno Lopes).

Técnico: Abel Ferreira.
 
DEFENSA Y JUSTICIA

O treinador da equipe argentina, Sebastián Beccacece, terá uma missão difícil no Brasil, já que terá que se preocupar com o meio-campista ofensivo Raphael Veiga, que vive grande fase, além do contra-ataque do time paulista. Vale lembrar que foi de uma jogada assim que nasceu o primeiro gol do Palmeiras na Argentina.

O “El Hálcon”, aposta no centroavante Braian Romero, que é o goleador da equipe e que balançou as redes, na derrota por 2 a 1 no primeiro jogo da decisão. Outro recurso da equipe de Florencio Varela é o atacante Walter Bou, que teve um gol anulado na partida de ida e gerou muita reclamação por parte do treinador argentino.
 
Provável Escalação: Ezequiel Unsain; Fernando Meza, Néstor Breitenbruch e Adonis Frías; Marcelo Benítez, Emanuel Brítez, Lautaro Escalante, Francisco Pizzini, Calos Rotondi e Raúl Loaiza; Walter Bou (Braian Romero).

Técnico: Sebastián Beccacece.
 
HISTÓRICO DE CONFRONTOS

O primeiro confronto entre as equipes foi justamente na vitória do Verdão por 2 a 1, na partida de ida da final da Recopa Sul-Americana. O Palmeiras, contra times argentinos, de 100 partidas venceu 48 vezes, empatou 27 e perdeu 25 confrontos. Além disso, fez 186 gols e levou 124. Já o “El Hálcon” já eliminou dois times brasileiros: o São Paulo em 2017 e o Vasco da Gama em 2020, ambos na Copa Sul-Americana. Porém, perdeu duas vezes para o Santos na fase de grupos da Libertadores de 2020.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »