22/04/2021 às 08h00min - Atualizada em 22/04/2021 às 07h45min

Curta dublado por Rodrigo Santoro fala sobre a exploração animal

Save Ralph é um audiovisual que se posiciona contra testes em animais

Luhê Ramos - Editado por Letícia Agata
Imagem promocional do curta-metragem Save Ralph
Save Ralph, ou Salve O Ralph, em português, é um stop motion de 4 minutos que visa combater o teste de cosméticos em animais. Isso porque apesar de a prática ser proibida em alguns países como Índia, Taiwan, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Guatemala e Austrália, outros, como o Brasil, ainda permitem. Dessa forma, a Humane Society Internacional (HSI) lançou o curta-metragem no dia 6 de abril deste ano como parte de uma campanha em prol dos animais. 
 
No curta, Ralph é um coelho que serve de cobaia para testes de cosméticos. Além de estar cego de um olho devido a essa prática, ele também possui surdez unilateral em decorrência do “trabalho”, como ele chama. Ainda, na obra cinematográfica, o coelho conta que sua família também prestou o serviço aos humanos e, como resultado, "todos irão morrer fazendo o seu trabalho", inclusive seus filhos. Ele ainda conclui: "Um dia eu vou morrer." No curta é possível ver, de forma breve, como os animais utilizados como cobaia são tratados. 


 
Em entrevista à Veja, Jeffrey Flocken, presidente da Humane Society International, declarou:
 
“Hoje temos uma oferta abundante de produtos confiáveis que são livres de testes em animais e com abordagens que garantem sua confiabilidade. Não existe mais desculpa para fazermos animais como Ralph sofrerem para que a indústria possa testar seus ingredientes”. 
 
O stop motion foi inicialmente lançado no site da HSI, que luta pela causa desde 1991. A obra conta com Spencer Susser no roteiro e direção, e com Jeff Vespa e Andy Gent na produção. Em suas diferentes versões, o elenco de Save Ralph é composto por Taika Waititi, Ricky Gervais, Zac Efron, Olivia Munn, Pom Klementieff e Tricia Helfer
 
Já na versão brasileira o coelho é dublado por Rodrigo Santoro. Também, em entrevista para a Veja, o ator apelou: “Para mim, foi uma honra contribuir com uma causa tão importante. Não percam – e vamos à reflexão!”.
 
O curta-metragem também está disponível na plataforma do YouTube. Veja!
 


Apoie a causa divulgando o curta-metragem nas redes sociais com as tags: #saveralph ou #SaveRalph.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »