13/06/2021 às 23h45min - Atualizada em 13/06/2021 às 23h26min

Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto passará por mudanças

O espaço multicultural da entidade será modernizado e remodelado

Vítor Neves - revisado por Jonathan Rosa

Em 2015, a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto criou um espaço multicultural para a realização de encontros culturais, com o intuito de incentivar a formação de novos leitores, através de ações permanentes da entidade. Entretanto, o espaço pode estar com seus dias contados. Isso porque até o fim deste ano, o local passará por uma remodelação e modernização para sediar os tradicionais encontros culturais, cursos, oficinas, lançamentos de livros etc.

A obra no anfiteatro e na biblioteca das artes, criada em 2017 com acervos doados, estão presentes no espaço e passarão por mudanças, através do Edital ProAC Nº 17/2020.

Segundo Dulce Neves, presidente da fundação, “a modernização do espaço tem por objetivo possibilitar que a entidade volte a atender presencialmente o público, após o controle da pandemia causada pelo Coronavírus. Enquanto isso, seguiremos o trabalho cultural transmitido pelo meio online e manteremos os protocolos de saúde que garantem a segurança do público e equipe”, relata Neves.

Desde março de 2020, os encontros realizados pela entidade estão acontecendo de forma virtual, através da plataforma Zoom e redes sociais da entidade. Sua programação mensal, promovida pelo projeto 40tena Cultura e outras atrações, além de cativar os moradores, atraíram participantes de todos os outros estados do Brasil e até mesmo de outros países.    

Além disso, desde 2020, o local também é conhecido por abrigar a Feira Internacional do Livro de Ribeirão que, infelizmente, precisou ser remarcada para agosto de 2021, devido à pandemia da Covid-19.



MUDANÇAS

A Biblioteca que abriga cerca de 5 mil títulos, em especial de autores da cidade, será adaptada e ganhará novo layout, nova pintura e aquisição de estantes e comunicação visual adequada. “A entidade efetuará ainda a compra de livros para compor um acervo com títulos importantes da literatura brasileira e internacional, principalmente para o público infantil e infanto-juvenil”, destaca a presidente da fundação.

Por enquanto, o local se prepara para o retorno das atividades através dos decretos municipais de liberação a atividades presenciais, mas já informaram que a partir do momento que a agenda cultural for permitida, manterão um rígido controle na manutenção dos serviços básicos dos protocolos de saúde. Como disponibilização de álcool em gel e líquido, para limpeza e higienização e placas internas e externas de orientações como: utilização de máscara, distanciamento mínimo e limite de pessoas no espaço. Além disso, a fundação também fará a contratação de agentes de limpeza, para tomar todos os cuidados antes e depois das atividades culturais apresentadas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »