30/06/2021 às 20h15min - Atualizada em 30/06/2021 às 18h36min

Bélgica e Itália se enfrentam pelas quartas de final da Euro

As seleções estão invictas na competição e disputam uma vaga nas semifinais

Alex Silva - Editado por Nayra Antunes
Itália e Bélgica na Euro 2016 (Foto: Divulgação/Guia do Boleiro)
Pelas quartas de finais da Uefa Euro 2020, Bélgica e Itália se enfrentam nesta sexta-feira (2), às 16h00 (horário de Brasília), no Estádio Allianz Arena, em Munique. Um confronto entre grandes seleções, que seguem invictas e brigam por um lugar nas semifinais da competição continental. As duas equipes possuem grandes jogadores, o que torna difícil apontar quem leva mais vantagem nesse duelo.

BÉLGICA

A seleção belga comandada por Roberto Martinez, irá buscar a sua primeira conquista na competição. A equipe participou de 16 edições na Eurocopa, com destaque para o ano de 1972, em que  conquistou o 3º lugar; e em 1980 quando foi vice-campeã ao perder o título, justamente, para a seleção da Itália. Na atual edição de 2020, a equipe belga segue invicta e está próxima de conquistar a sua melhor campanha na edição. 

No ultimo confronto contra Portugal, duas grandes peças do time de Roberto Martinez saíram machucadas do campo. O meia Kevin De Bruyne e o atacante Éden Hazard já são tidos como desfalques nessa partida. A intenção do Departamento Médico belga é ter os atletas em melhores condições em uma eventual semifinal. Dessa forma, a provável escalação de Martinez pode ser:

 
Provável escalaçãoCourtois; Vermaelen, Alderweireld e Vertonghen; Meunier, Tielemans, Witsel e Thorgan Hazard; Mertens, Carrasco e Lukaku
 
ITÁLIA

A seleção comandada por Roberto Mancini tem um histórico regular na competição européia. Participou de 15 edições, e soma um título conquistado em 1968 contra a Iugoslávia, mesmo ano em que foi sede. Em 1988, foi eliminada nas semifinais, em 2000 foi vice-campeã ao perder o título para a seleção da França. Novamente, em 2012, foi vice-campeã contra a Espanha. Ao todo, foram 38 partidas jogadas, com 16 vitórias, 16 empates e seis derrotas.  

Na atual edição, a equipe italiana se classificou em primeiro lugar na fase de grupos, vencendo todas as partidas. Mas derrotou a Áustria na prorrogação, por 2 x 1 nas oitavas. O time conta com bons jogadores, com destaque para o goleiro Gianluigi Donnaruma, de 22 anosque tem sido fundamental para a equipe nessa edição de 2020. Para o confronto desta sexta-feira (2), o técnico Roberto Mancini pode optar pela mesma equipe dos últimos confrontos, pois tem sido eficiente e possui um bom nível de entrosamento. 


Provável escalação: Donnaruma, Di Lorenzo, Bonucci, Acerbi, Spinazzola, Barella, Jorginho, Verrati, Berardi, Ciro Immobile, L Insigne

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

No confronto geral, as seleções já se enfrentaram 22 vezes. Com 14 vitórias da seleção italiana, quatro para a seleção belga, e mais quatro empates. Com relação ao saldo total de gols, a Squadra Azzura marcou 43 gols, e os Diabos Vermelhos 24, saldo de 19 gols de diferença.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »