13/10/2021 às 20h46min - Atualizada em 13/10/2021 às 19h25min

Jovem músico de Muzambinho (MG) trabalha em seu segundo álbum de estúdio

Marcos Pereira, de 17 anos, relata as etapas de sua carreira musical, tal como suas realizações e desafios nesse trajeto

Gabriela Armelin - editado por Luhê Ramos
Marcos Pereira tem estado em contato com a música desde muito pequeno e carrega bastante referências de MPB. | Foto/Reprodução: Sandro Fidélis.
A cidade de Muzambinho, localizada no interior de Minas Gerais, é palco de diversos artistas com diferentes talentos. Um desses artistas, é o jovem cantor e compositor Marcos Pereira, que após o lançamento de seu primeiro álbum no início deste ano, já está trabalhando em seu segundo projeto profissional. 
 
O jovem teve desde cedo muitas influências dentro da própria casa, uma vez que sua mãe, sua tia e seus avós já estavam inseridos no meio musical há certo tempo. Sua mãe, Elisabete Aparecida de Paula Pereira, contou que desde pequeno Marcos já demonstrava interesse por brinquedos que representassem instrumentos musicais como violões. Com o passar do tempo, aos 10 anos, seus pais o colocaram na aula de música e o apoio familiar se fez muito presente, principalmente depois que seu avô deu de presente um violão para ele. 
 
Logo após o início das aulas, seu professor de música, Eduardo Maran, percebeu em Marcos certa facilidade para pegar notas e ritmos. Dessa maneira, com o aprimoramento instrumental cada vez maior e o ganho de segurança também, foi aos poucos começando a cantar enquanto tocava. “Depois que resolveu cantar, aí deslanchou. Ele começou a compor, se apresentar em festinhas na escola e em eventos. Onde chamavam ele ia”, contou Elisabete. 
 
Amanda Rufino Brasil, amiga próxima de Marcos desde 2018, contou em entrevista que o conheceu durante um sarau organizado por sua equipe nos jogos estudantis naquele mesmo ano. O grupo procurava por artistas que topassem se apresentar no evento e Pereira foi um dos convidados. “Nesse primeiro sarau, nós não tínhamos conseguido muitas pessoas para cantar e o Marcos acabou cantando quase a noite inteira, salvando totalmente nosso evento”, revelou Amanda.
 
Disse ainda ser uma grande fã do trabalho do amigo e considerar extremamente significante apoiar artistas como ele: “Em todas as vezes que vi o Marcos se apresentando consegui sentir a paixão e dedicação no que ele faz. Acho muito importante valorizarmos os pequenos artistas da nossa cidade, pois há muitos talentos que só precisam de mais apoio e incentivos da população e da prefeitura para se consolidarem”.
No final de 2020, foi publicada sua primeira colaboração com o Morfeu MC - que também é um artista da cidade de Muzambinho (MG) - intitulada “Sintonia”, juntamente com o videoclipe produzido pela Norte Estúdio & Produtora. A música se encontra disponível no canal do Youtube da produtora “Norte”. 
 
Algumas semanas depois, Marcos Pereira utilizou seu instagram para divulgar o lançamento de sua primeira canção “Gratitude”. Na música, ele expõe seu mais puro sentimento de gratidão por tudo e todos que estão ao seu redor.
 
Finalmente, em abril deste ano, seu primeiro álbum profissional nomeado “O Ínicio” foi compartilhado com o público e contou com canções inteiramente autorais e processos de produção distintos. Ainda, a gravação do disco ocorreu no EM Studio, que pertence à Eduardo Maran, seu primeiro professor musical. O álbum recebeu esse nome justamente para retratar de alguma maneira as primeiras composições do jovem.  As músicas estão disponíveis nas principais plataformas digitais, como Youtube e Spotify.
 
Quando questionado sobre quais são suas inspirações para escrever músicas, Marcos compartilhou que sua maior influência é o mundo: “Costumo dizer que minha maior inspiração, é o mundo. É dele que eu tiro ideias para dar vida às minhas expressões. Mas claro, há artistas que me inspiram muito também”.
 
No momento, a atenção do rapaz se encontra totalmente voltada para as reuniões e desenvolvimento de seu próximo álbum que será lançado no ano que vem: “Posso adiantar que já comecei as gravações das músicas, mas os lançamentos começarão realmente, ano que vem. Ao todo, são 8 músicas! Irá sair uma por mês, começando em maio. Teremos lançamentos praticamente o ano todo!”, declarou Marcos. Além disso, todo o disco será produzido novamente pelo EM Studio.
Assim como em toda jornada, Pereira encontrou alguns obstáculos pelo caminho no início, como o fato de possuir pouca idade enquanto se encontrava sob exposição: “A maior dificuldade que eu considero foi a questão das críticas. Por ser muito novo, não estava tão preparado para críticas e coisas do tipo”. Contudo, com o decorrer dos anos e com o incentivo das pessoas que o cercam, se tornou mais leve atuar nesse ramo. “Sempre tive o incentivo da minha família, que é essencial! [...] Hoje consigo filtrar isso de uma forma bem saudável!”.
 
A mãe de Marcos, Elisabete Aparecida, deixou muito claro sua imensa admiração pela carreira do filho na música e, também, por quem ele vem se tornando a partir de toda essa trajetória: “Tenho muito orgulho de ver ele compondo, cantando e colocando pra fora todos os sentimentos através da música. É lindo ver o esforço dele, a vontade de crescer e de ganhar o mundo aí fora... Mas me orgulho também de ver a pessoa que ele está se tornando, o homem de bem que ele é, a garra e a força que ele tem [...] Marcos tem muito de bom a oferecer pra esse mundão, que vai se tornar pequeno para ele”, disse. 
 
Falou ainda sobre a possibilidade de cantar ao lado do filho: “Fazer músicas com ele ainda não rolou, quem sabe futuramente né? Por enquanto deixo com ele. Agora cantar juntos, sempre cantamos. Nós até nos divertimos colocando vozes em algumas músicas, é gratificante”. 
 
Igualmente, sua amiga Amanda compartilha do mesmo sentimento de deslumbre e contemplação, afirmando acreditar que um futuro brilhante o aguarda. “Eu admiro muito o processo criativo dele, acho muito legal que ele leva super a sério e sempre estuda muito antes de colocar algo em prática. Dá para ver que ele realmente gosta de fazer isso. Sou apaixonada pelas músicas dele [...] a música está muito presente na vida dele. O jeito como as letras fluem da cabeça dele é extremamente natural, faz parecer até fácil. Existe uma relação muito bonita entre a forma como ele se expressa e as composições dele, com certeza vai longe”, opinou Brasil. 
 
Por fim, Marcos compartilhou que tudo que espera do futuro é que suas músicas possam despertar emoções positivas e ajudar as pessoas. Pereira pretende continuar com carreira musical, mesmo após entrar na faculdade de psicologia - que é a profissão que decidiu seguir - nos próximos meses. Ademais, revelou que tem interesse em atuar na área de musicoterapia após o curso.
 
Confira o videoclipe de “Sintonia” disponível no Youtube:
Videoclipe da música "Sintonia", cantada por Marcos Pereira e Morfeu MC. | Fonte: Youtube.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »