30/10/2021 às 21h37min - Atualizada em 30/10/2021 às 21h31min

Yan bate Sandhagen e conquista o cinturão interino no peso galo

Ex campeão linear, russo tem otima apresentação e se qualifica para revanche com Aljamain Sterling

Robert Dias Batista - labdicasjornalismo.com
Russo controlou as ações e saiu vencedor e com o cinturão (Foto/reprodução: UFC).
Petr Yan recuperou o cinturão na divisão dos pesos galos do UFC, após uma verdadeira batalha contra o terceiro do ranking, Cory Sandhagen. Yan, agora assume o posto de campeão interino da categoria já que Aljamain Stertling, o campeão linear, segue em recuperação de uma cirurgia.
O russo, havia perdido seu título na sua última apresentação, em março deste ano, quando foi desqualificado após uma joelhada ilegal em Sterling. Agora com a vitória e o título interino, espera se reencontrar com o campeão para unificar os cinturões da categoria.

Já o americano Sandhagen amargou a segunda derrota seguida, anteriormente havia sido derrotado por TJ Dillashaw e, mesmo assim, teve a oportunidade de disputar o título agora deve recuar um pouco na categoria, já que perdeu recentemente para os três que estão acima dele no ranking (Sterling, Yan, Dillashaw).
 
O COMBATE 

Cory começou tomando a iniciativa na luta. oOamericano se movimentava intensamente e conseguia tocar o russo diversas vezes, combinando seus socos com chutes, principalmente na linha de cintura. Yan, que possui menor envergadura, estava com dificuldades para encontrar Sandhagen no octógono, porém, era perigoso e quando acertava tinha uma potência maior em seus golpes. 10-9 Sandhagen no primeiro round.

No segundo round, Yan partiu mais pra cima e tentava cortar a distância de Cory trabalhando com golpes mais curtos e apostando na trocação franca, em que conseguia incomodar o americano e evitava os chutes que vinham sendo eficientes. Cory tinha um volume de golpes maior, porém a pressão dos golpes de Yan, estavam sendo mais eficientes. 10-9 Yan, e luta empatada até então.

Cory voltou melhor no terceiro round, estava conectando os melhores golpes, principalmente na linha de cintura. Voltou a controlar a distância, acertou mais vezes e vencia o round, até que Yan acertou um belo soco rodado que derrubou o americano. O russo aproveitou e acertou bons socos enquanto estava por cima. Ambos se embolaram no chão e com muitas trocas de posição, ficaram de pé e, no fim do round, Cory aparentava estar um pouco grogue no momento final. 10-9 Petr Yan e vantagem na luta.

Yan havia encontrado a distância no quarto round e acertava com maior frequência, fazendo com que Cory buscasse a luta de chão, mas suas tentativas de queda foram frustradas pelo russo, que conseguia manter a luta em pé e conectar seus golpes. Aparentando estar mais inteiro na luta, Yan dominou o round do início ao fim, abrindo vantagem na luta. 10-9 Yan, 39-37, indo para o último round.

No quinto round, Yan seguia conectando os melhores golpes, porém Cory estava mais atento e reagia devolvendo os golpes do russo, porém em uma intensidade menor, o que fazia a diferença para manter o Yan em vantagem na luta, já que acertava com mais potência e machucava mais na luta. Durante os 10 segundos finais, os dois resolveram partir para o show, com Yan acertava um belo chute rodado e Sandhagen devolvia com uma bonita joelhada voadora.

O resultado oficial, um triplo 49-46 para Petr Yan, declarado vencedor por decisão unânime.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Petr Yan assegurou uma disputa de cinturão -- ao menos que Sterling esteja impossibilitado de lutar em breve. Essa luta deve ocorrer durante o primeiro semestre de 2022. Caso o campeão não se recupere das lesões o mais provável é que o UFC retire o seu título e, nesse caso, pode ser que Yan dispute o
cinturão linear com TJ Dillashaw.

Já para Cory Sandhagen, as coisas ficaram um pouco complicadas. Com apenas uma vitória nas ultimas quatro lutas, é impossível prever o que o lutador fará em sua próxima luta. Uma mudança de categoria não deve ser descartada.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »