13/05/2022 às 20h25min - Atualizada em 13/05/2022 às 19h59min

Dicas: Como se preparar para uma trilha

Amanda Martins - Editada por Victória Silva
Foto| reprodução: pousada dos sonhos
Você que ama trilha, ou você, que quer se desafiar a conhecer novas formas de se conectar consigo mesmo e com a natureza, vocês estão no lugar certo.  Digo isso porque hoje falaremos sobre algumas dicas para quem vai fazer uma trilha, e mesmo quem nunca sequer fez uma, vai gostar e sentir vontade de se jogar nessa aventura.

No nosso dia a dia, praticamente tudo chega pronto em nossas mãos e se não, precisamos correr para dar conta dos inúmeros compromissos da agenda. É tão comum ouvirmos alguém falar que precisa de mais horas no dia, não é mesmo? Eu mesma digo isso sempre.

O que a gente não lembra sempre, é que toda essa imensidão de responsabilidades diárias afetam o nosso humor, a nossa saúde e até a nossa produtividade. Todo mundo precisa de uma pausa. É importante buscar algo que nos dê prazer, que saia da rotina corrida e faça o nosso corpo e cérebro relaxar. Ninguém deve só viver de trabalho, a vida é muito mais que acordar e cumprir agendas. Não estou dizendo para largarem tudo, tá? Estou dizendo para não se cobrarem tanto e buscarem um descanso. Nem sempre o sono é o descanso mais adequado, às vezes, respirar novos ares, deixar a mente livre de problemas e soluções, ajuda muito mais do que algumas longas horas de sono.
 
Então, vamos embarcar juntos nas coisas mais simples da vida. Coloca o tênis, se atente nas dicas e depois coloca esse corpo pra se exercitar na trilha.


 
As trilhas estão espalhadas por todas as regiões do Brasil, seus tamanhos e dificuldades variam muito. É importante conversar com a turma que te acompanhará nessa jornada, para que todos possam analisar as suas próprias condições e definirem, até onde conseguem chegar. Se você não tiver experiência, evite as trilhas com níveis de dificuldade maior, comece com as mais fáceis para o corpo não gritar por socorro no meio do caminho. Até porque, não queremos que ninguém sai carregado de lá. Então, por favor, respeitem o limite do seu corpo.
 
É indispensável uma mochila com alguns petiscos e muita água. Evite levar alimentos que pesam no estômago e na bolsa. Tem um ditado que diz "a mochila vai ficando mais pesada ao longo do caminho", deve ser porque o nosso corpo começa a cansar e qualquer peso, já é algo gigantesco.



A roupa também é algo importantíssimo a ser pensado. Nada de achar que é desfile de moda. Coloca a roupa e o tênis mais confortável do guarda-roupa, uma blusa de frio, touca ou boné também é indispensável. Se adequem conforme a previsão do tempo para o dia do passeio
.
Se o seu passeio não tiver guia, lembre-se de levar um GPS, mapa, qualquer coisa que te ajude a se localizar, para não se perder.
Uma lanterna também é importante. Mesmo que você vá durante o dia, ter uma lanterna de precaução é sempre uma boa ideia. Aliás, não sabemos os perrengues do caminho.

E falar em perrengue, outro item que não pode deixar de estar no corpo e na mochila é o repelente. Não queremos que ninguém volte para a casa com picadas como lembranças, não é verdade? Então, use e abuse do repelente e também, do protetor solar.



Será que essas dicas ajudaram um pouquinho? Eu espero que sim!
 
Espero também, que todos que chegaram até o final da leitura, se programem e marquem uma trilha, por mais simples que ela seja.
 
Voltem para contar sobre os perrengues... E sobre a experiência boa também.
 
Até a próxima... E, BOA TRILHA!
 

REFERÊNCIAS

14 Dicas essenciais para quem está começando a fazer trilhas,2020. Disponível em < https://catracalivre.com.br/arquivo/14-dicas-essenciais-para-quem-esta-comecando-a-fazer-trilhas/ >. Acesso em 6 maio, 2022.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »