16/05/2022 às 19h07min - Atualizada em 16/05/2022 às 17h30min

Estreia da 2º temporada de The Wilds

O novo ano da série continuou a história das sobreviventes da ilha e adicionou um novo grupo de meninos

Beatriz Costa Rodriguez - editado por Larissa Nunes
Imagem de divulgação da série The Wilds. (Foto: Reprodução / Amazon Studios)

A segunda temporada de The Wilds, série original da Amazon Prime Video, chegou no dia 06 de maio. A primeira temporada narra a história de um grupo de meninas que estavam indo ao retiro Dawn of Eve no Havaí, quando sofreram um acidente de avião, que as deixaram presas em uma ilha deserta, mas ao decorrer da temporada é revelado ao público que tudo não bastava de um experimento social bem elaborado para analisar o comportamento das jovens.
 

A trama principal
 

Nesta nova temporada, vemos que existe um outro grupo composto por meninos, que também estão secretamente envolvidos no experimento social. Então, durante os oito episódios vemos em paralelo uma passagem pelas linhas temporais do presente e passado dos grupos femininos e masculinos.
 

No novo ano da série, vemos todos os adolescentes irem da lucidez até o ápice do fim de suas sanidades mentais, com o passar dos dias que estão presos na ilha, pelo que eles acreditam ser um tempo indeterminado.
 

Novos personagens 
 

Na correria dos episódios, The Wilds usa da mesma cartilha da temporada anterior e apresenta em flashbacks, a história do novo elenco masculino da série que é dividido em duplas que já se conheciam antes de irem parar na ilha, são eles:

 

O Kirin (Charles Alexander) atleta popular, que estudava na mesma escola que Ivan (Miles Gutierrez-Riley), um jovem gay e militante. A dupla de melhores amigos Bo (Tanner Rook) e Scotty (Reed Shannon).
 

Josh (Nicholas Coombe) é um nerd que tem vários problemas de saúde e vive a base de remédios que estudava na mesma escola que Rafael (Zack Calderon), um menino quieto, esforçado de raízes latinas. O duo de irmãos é composto pelo Seth (Alex Fitzalan), o líder do grupo, que tenta agradar todos para gostarem dele e Henry (Aidan Laprete) um garoto emo, anti social e é um ex-escoteiro.
 

Os grandes destaques da temporada, são as personagens Leah que estava buscando a todo custo a verdade de tudo e Rachel que está tentando lidar com o luto de perder sua irmã e o desenvolvimento do casal Toni e Shelby. Em relação aos meninos Kirin que têm uma grande evolução ao decorrer dos episódios, temos a reviravolta da real personalidade de Seth e Ivan que trouxe discussões muito relevantes ao grupo.

 

As diferenças entre os grupos

 

A conexão do público com novos personagens, não acontece tão rapidamente e isso se dá pela forma enxuta de suas apresentações e pelo fato de que o grupo dos rapazes oferece mais segredos da ilha. Tanto que durante os episódios, a dona do experimento Gretchen Griffiths tenta de todas as formas descobrir qual acontecimento polêmico mudou toda a dinâmica na ilha, que separou o grupo deles em duas facções. Se diferenciando da primeira temporada que tem apenas as garotas, o que deixava um espaço maior para o desenvolvimento delas e a intensidade dos episódios geravam uma conexão mais imediata.

 

Um ponto que é muito relevante é a diferença de tons dos arcos de cada grupo. Enquanto o grupo feminino tem personagens complexas e dores angustiantes que as fazem se unirem mais, criarem laços profundos e se tornarem pessoas melhores, a trama dos meninos é construída na desconstrução de estereótipos, o que é esperado é que eles estão na ilha para se tornarem homens, mas o que  acontece é um grande reflexo da masculinidade tóxica, porque eles ficam mais agressivos.
 

Em relação a construção do roteiro de Streicher, Harris, Leon Chills, A. Rey Pamatmat, Melissa Blake e Franklin Hardy, a sensação que temos é que eles dão mais perguntas do que respostas, por conta da ideia de contar a história de 15 personagens, o que prejudicou o ritmo e o desenvolvimento da série, mas ao chegar nos últimos episódios tudo é acelerado e dessa forma The Wilds consegue entregar um boa temporada, com um plot twist no final e pontas abertas para uma possível renovação.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »