21/10/2020 às 18h04min - Atualizada em 21/10/2020 às 17h42min

Eleições 2020: Conheça Alexandre Habibe, candidato à prefeitura de Volta Redonda

Concorrente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) falou sobre suas propostas para saúde, educação e lazer, meio ambiente e mobilidade urbana, segurança pública e geração de emprego

Lucas Mathias - Editado por Ana Paula Cardoso
Foto/Divulgação: Instagram
O #EntrevistaComOCandidato desta quinta-feira (22) recebe Alexandre Habibe, mais um candidato à prefeitura de Volta Redonda. Habibe é professor, assim como seu vice, Alexandre Lucas.

Questionado quanto à decisão de se candidatar ao pleito, disse que a ação foi coletiva e que é necessário construir um projeto que dê esperança para toda a população volta-redondense. Habibe alegou também que são fundamentais atitudes que pensem no bem comum de todos.  

Em seguida, o candidato respondeu algumas questões sobre saúde, educação e lazer, meio ambiente e mobilidade urbana, segurança pública e geração de emprego.


Saúde

Caso eleito, Habibe afirmou que o investimento em saúde será a primeira providência a ser tomada. Declarou que há necessidade de fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS), amparando as suas políticas, além de melhorar a atuação do Conselho Municipal de Saúde.
“Vamos dialogar e apoiar o Conselho Municipal de Saúde, capacitando os conselheiros e incentivando a participação em eventos de saúde pública. Fortaleceremos a atenção básica dotando-a de condições para realizar a prevenção e promoção da saúde. Iremos valorizar os servidores da saúde, os agentes comunitários e de combate a endemias”, garantiu.

Além disso, o candidato falou sobre as políticas de saúde da mulher, da população negra e da comunidade LGBTQIA+, que precisam de melhorias. Ele citou também as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade, principalmente os moradores em situação de rua. “Com a pandemia, também observamos o agravamento de vulnerabilidades sociais, por isso é crucial a atenção à saúde da população em situação de rua e de outras populações em vulnerabilidade ou exclusão social, para garantir a proteção e o cuidado a que têm direito”, disse Habibe.

Sobre as Organizações Sociais da Saúde (OSS), Alexandre descartou a contratação deste serviço em um eventual governo e argumentou que o investimento na saúde pode e deve ser feito diretamente nos hospitais.
 
“Nosso compromisso é com a eficiência e a máxima transparência na gestão pública. Nosso foco é a qualidade dos serviços e o respeito com o dinheiro do povo”, revelou.

Quanto à falta de medicamentos e de materiais essenciais para o uso hospitalar, declarou que os recursos públicos devem ser administrados de uma nova maneira. Ele apontou também a necessidade de controlar o custeio, melhorar a qualidade e a transparência das compras públicas, além de ter uma rigorosidade quanto à qualidade e o cumprimento dos contratos.
 
“O saldo é conseguir fazer mais e melhor com os recursos disponíveis”, argumentou.

Educação e Esporte

Na educação, o candidato alegou que não há transparência e articulação entre as metas do Plano Nacional de Educação (PNE) na cidade, além de apontar uma fragilidade na gestão de projetos pedagógicos nas escolas.

 
“Infelizmente, a nossa educação municipal é uma área que não vai bem. O mínimo, que é transparência, não existe. Também não existe articulação entre as metas (20 metas básicas) do PNE e a política municipal de educação. Falta também melhor gestão sobre os projetos pedagógicos de cada unidade escolar”, esclareceu Alexandre.

Ademais, disse também que é necessário melhorar a ligação entre as escolas e organizações da sociedade, para que as defasagens sejam diminuídas e, que em um futuro, tenhamos educação inovadora, integral e eficiente. Habibe defendeu uma política de aproximação da comunidade com as escolas de bairro.
 
“A escola tem muito a oferecer para a comunidade e a comunidade tem muito que contribuir com a escola”, garantiu.

O candidato também citou algumas atividades extracurriculares que serão colocadas em prática nas escolas, como oficinas de teatros, direito, deveres da cidadania e oratória.

No esporte, admitiu a importância da prática esportiva para a complementação do processo educativo, além de atuar como um horizonte de oportunidades. Ele disse que o exercício físico deve está articulado com a saúde pública, integração social e ao incentivo da formação de atletas de alto rendimento, além da geração de oportunidade e emprego e renda, através do apoio privado e de órgãos de fomento ao esporte, saúde e cultura. Habibe garantiu também promover políticas de incentivo ao esporte para as mulheres, com a criação de torneios esportivos em diversas categorias.

 
“Nossa candidatura reúne pessoas diversas e é um espaço para todos se expressarem. No caso das políticas de incentivo ao esporte, temos uma contribuição das mulheres de Volta Redonda que demandam estímulos a torneios esportivos femininos”, explicou o professor.

Meio Ambiente e Mobilidade Urbana

Segundo o candidato do PCdoB, a coleta seletiva precisa ser aperfeiçoada e, através da publicidade, melhor divulgada, pois há pessoas que não sabem deste serviço. Além disso, falou sobre a possibilidade de gerar renda e emprego.
“O material reciclável gera renda, e emprego e ajuda a manter a cidade melhor”, apontou.

Visando a preservação do meio ambiente, segundo o candidato, o transporte público, deve ser otimizado, tornando-o mais eficiente.
 
“Nós vamos fazer o BRT leste x oeste. Vamos juntos com os prefeitos eleitos de Barra Mansa, Barra do Pirai e Pinheiral criar a linha que sairá do bairro Califórnia indo até à Vila Maria, em Barra Mansa. Esta linha será alimentada por linhas diretas de Pinheiral, Santa Cruz, Retiro e da Região Leste de Barra Mansa, em um sistema de bilhete único do BRT. Assim, com um preço justo, diminuiremos o número de veículos particulares nas ruas, com menos engarrafamentos, menos poluição e mais qualidade de vida”, afirmou Habibe.

O candidato confirmou que deverão ser feitas novas licitações para o transporte, e que é necessário que se ponha ordem no processo. “O transporte é público, as empresas de ônibus são permissionárias e não proprietárias das linhas, mas parece que se esquecem disso. Talvez por uma ineficiência e a falta de fiscalização de que tem a responsabilidade”, esclareceu.

Quanto às ciclovias, o candidato disse que não é necessária somente a construção das faixas, mas também que estas sejam seguras, para que assim a população possa utiliza-las.“Temos que começar esse processo. Durante muito tempo os trabalhadores da CSN iam para o trabalho de bicicleta. Não sei dizer exatamente onde esse hábito se perdeu”, comentou Habibe.

Segurança Pública

O professor logo disse que descarta as promessas fáceis e soluções simplistas. Segundo ele, problemas como esse devem fugir de “achismos” e das soluções mágicas. Para tanto, alegou que há necessidade de diálogo com o Estado, transformando a cidade em modelo de segurança integrada.

Alexandre declarou que, caso eleito, haverá uma melhoria na segurança das praças, escolas e postos de saúde, além de apostar na vigilância digital, com uma reformulação no sistema de iluminação pública e limpeza dos espaços públicos. O candidato também defendeu uma modernização da guarda municipal, oferecendo mais agilidade e melhor desempenho administrativo.

 
“Prevenção e inteligência são o foco da nossa proposta. Com projetos bem elaborados, podemos buscar os recursos disponíveis para melhorar a segurança pública em Volta Redonda”, explicou.    

Geração de Empregos

Em se tratando da geração de empregos, o candidato disse que é preciso criar um novo modelo de desenvolvimento, citou a criação de um cinturão metal mecânico com ênfase em tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento de novos produtos. Além disso, apontou a necessidade da criação de fundos municipais de apoio à tecnologia, bem como uma nova reforma fiscal tributária para atrair mais empresas.

 
“O que a gente está falando é de emprego e sustentabilidade. Sustentabilidade se dá pela população empregada, e essa sociedade só vai estar empregada se você tiver um cinturão bem acomodado nesse novo cenário de prática e modelo”, finalizou o candidato do PCdoB.  
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »