04/12/2020 às 20h25min - Atualizada em 04/12/2020 às 20h14min

Entenda porque a Conferência Leste está sendo considerada a mais forte da NBA

Pela primeira vez nos últimos anos a Conferência Leste chega com as equipes mais fortes da liga

Daniel Pires - editado por Wesley Bião
Miami Heat e Boston Celtics são dois favoritos da Conferência Leste (Foto: Kim Klement/USA TODAY Sports)

O melhor basquete do mundo voltará às quadras em 22 de dezembro e promete trazer exibições de alto nível, como sempre foi. Porém essa temporada conta uma surpresa, que é a Conferência Leste chegando com times mais fortes do que a Oeste, acontecimento que nos últimos anos foi raridade. 
 
Para começar, é melhor explicar como funciona o sistema de disputa da NBA, que é bem diferente do modelo brasileiro, no NBB. A liga americana é composta por 30 times, divididos em conferências Leste e Oeste, com 15 times em cada. Todos os times se enfrentam durante a temporada regular, porém a classificação é definida apenas entre os times da mesma conferência. Os oito melhores de cada lado se classificam para os playoffs, que ainda são disputados entre os times da mesma metade do país. Apenas na final que os times de conferências diferentes voltam a se encontrar, com os campeões dos playoffs se enfrentando em uma série melhor de sete jogos. O vencedor é coroado, enfim, como campeão da NBA.
 
Nos últimos anos, a Conferência Oeste sempre chegava com as principais equipes da liga e protagonizou duelos e disputas na tabela de encher os olhos. Contudo, os resultados em finais são equilibrados, sendo, nos últimos dez anos, seis campeões do Oeste e quatro do Leste. Porém em questão de competitividade interna, o lado direito do país deixava a desejar em todos os anos, com exceção de 2020, tendo uma equipe que todos “sabiam” que chegaria às finais. O Miami Heat chegou quatro vezes consecutivas, entre 2011 e 2014 e o Cleveland Cavaliers fez o mesmo entre 2015 e 2018. O Heat ganhou duas vezes e os Cavs apenas uma.
 
Em 2019 a equipe canadense levou o título. Em 2020 a equipe de Miami chegou mais uma vez às finais, porém foram derrotados pelos Lakers por 4-2. Falando em Lakers, a equipe com mais títulos, juntamente com Boston Celtics (17), chegou apenas nessa final nesse espaço de tempo, após derrotar o Denver Nuggets na final da Conferência Oeste. E se pelo lado Leste apenas três equipes chegaram às finais, no Oeste esse feito foi alcançado por cinco equipes, sendo elas Dallas Mavericks (2011), Oklahoma City Thunder (2012), San Antonio Spurs (2013-2014), Golden State Warriors (2015-2019) e Los Angeles Lakers (2020).
 
Mas não somente a presença de várias equipes diferentes nas finais caracteriza a competitividade no Oeste, uma vez que as equipes mais temidas da temporada regular eram de lá. Podemos citar o Houston Rockets de Westbrook e Harden, o Clippers de Blake Griffin, Chris Paul e DeAndre Jordan, o Denver Nuggets de Jokic e Jamal Murray, além de todas as equipes que chegaram às finais. 
 
Em 2020-2021, porém, as equipes da Conferência Leste se reforçaram muito bem e agora possuem muitas estrelas atuando em suas quadras e prometem dar disputas de fazer qualquer fã de basquete se tremer de emoção. As principais são o Boston Celtics, com seu núcleo jovem e muito promissor, contando com Jayson Tatum, Jaylen Brown, Marcus Smart, além de jogadores experientes, como Kemba Walker e Jeff Teague. Já o Brooklyn Nets chega com o duas vezes MVP e bicampeão da NBA Kevin Durant, o também campeão Kyrie Irving, além de jogadores de apoio de muita qualidade, como DeAndre Jordan, Joe Harris, Spencer Dinwiddie e Jamal Crawford. Talvez a equipe com os melhores titulares – porém não a melhor equipe da conferência, o Philadelfia 76ers chega muito forte com Ben Simmons, Joel Embiid, Dwight Howard, atual campeão com o Lakers junto com o Danny Green, também dos Sixers. Se já não bastasse, a equipe ainda conta com Tobias Harris. O Milwaukee Bucks, que terminou com a melhor relação vitória e derrota na última temporada regular, também promete, com o duas vezes MVP Giannis Antetokounmpo, Khris Middleton, Brook Lopez, Jrue Holiday e Donte DiVincenzo.
 
Por último, mas não menos importante, os atuais vices campeões vêm forte para mais uma temporada. O Miami Heat conta com sua estrela Jimmy Butler, com o experiente Goran Dragic e com seu impressionante núcleo jovem, com Bam Adebayo, Tyler Herro, Kendrick Nunn e Precious Achiuwa. Contam ainda com Duncan Robinson, um dos melhores chutadores de três na NBA e Avery Bradley.
 
Com essas equipes, a Conferência Leste chega como a “melhor” conferência e tenta trazer o troféu Larry O’Brien para seu lado do país, já que está atualmente em Los Angeles, com os Lakers. Resta a nós, fãs de basquete, acompanhar essa disputa ao longo da temporada.
 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »