28/04/2021 às 21h14min - Atualizada em 28/04/2021 às 21h01min

Livraria cultura lança um novo serviço, o +CulturaPass

O serviço de aluguel de livros visa formas mais acessíveis e econômicas de leitura

Laiz Vaz - revisado por Jonathan Rosa
Livraria Cultura - Conjunto Nacional/SP. (Foto: Reprodução/ Revista Veja)


Está semana (26/04) a Livraria Cultura lançou o seu novo serviço, o +CulturaPass, que consiste em uma assinatura mensal que possibilita o aluguel ilimitado de livros (apenas um por vez) em todas as lojas da livraria. O serviço custa R$14,90 mensais, no primeiro mês o assinante paga apenas R$9,90, mas o contratante também pode optar pelo plano anual, por R$147,73.
 
A novidade permite que o leitor possa ficar com o livro por até 30 dias corridos. Mas atenção! Passado este prazo a Cultura entende que o assinante quer adquirir a obra, e será cobrado o valor do livro com 20% de desconto em seu preço de capa. É possível alugar praticamente todo o catálogo da Livraria e as estreias entram para o +CulturaPass após 30 dias do lançamento. Obras raros, revistas, livros com brinquedos e didáticos ficam de fora da assinatura.




​Ao aderir o plano, o assinante tem automaticamente acesso ilimitado ao Ubook, plataforma de streaming da Cultura que contêm podcasts, documentários, revistas, audiolivros e ebooks, com diversas categorias e idiomas. Com o +CulturaPass o assinante também tem até 15% de desconto nas demais compras feitas na Livraria, como brinquedos, dvd’s, jogos e artigos de papelaria.

De acordo com o Sergio Herz, CEO da livraria, em antevista ao PublishNews, o objetivo do serviço é tornar a cultura mais acessível e econômica a todos “O +CulturaPass faz com que o mesmo livro possa ser lido por muito mais pessoas, com preço mais acessível”, destacou Herz. Ainda segundo ele, “esse movimento é apenas a ‘ponta do iceberg’ na nossa estratégia de unir cada vez mais o mundo físico e o digital e entregar experiências relevantes para nossos consumidores. O CEO encerrou a entrevista prometendo mais surpresas logo.

É bom frisar que depois de usados pelo cliente os livros não serão descartados e sim colocados à venda, como usado no Sebo Cultura, tanto nas lojas quanto no site da livraria, além claro do mesmo livro poder ser usado por outros assinantes.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »