08/06/2021 às 19h20min - Atualizada em 01/06/2021 às 14h02min

A influência do Tiktok na indústria musical

O aplicativo que ganhou popularidade na quarentena tem impactado a indústria da música

Thamires Trindade - revisado por Jonathan Rosa
Símbolo Tik Tok / Portal 6 minutos (Foto: Reprodução/ UOL)


O Tiktok é um aplicativo chinês, criado em 2016 com o nome de Douyin, pertencia a companhia chinesa musical.ly Inc. Em 2018 o app foi comprado pela empresa ByteDance, uma startup de grande poder aquisitivo e teve o seu nome alterado. A mudança de nome veio com o propósito de criar uma nova imagem e reposicionamento da marca.
 
Mas foi apenas em 2020, no contexto da pandemia do covid-19, que ele começou a viralizar. Na rede social, é possível gravar vídeos de 15 a 60 segundos sobre diversos temas, e não só dublagem. Uma característica marcante do aplicativo são os challenges, que são desafios que os usuários lançam uns aos outros para gravar um vídeo sobre algum tema, geralmente danças e coreografias. 

As músicas que ficam em evidência no Tiktok acabam impactando diretamente a indústria da música. Um exemplo disso é a música ‘’Streets’’, da cantora Doja cat . A música viralizou após um desafio criado pelos usuários. Nesse desafio, a pessoa deve gravar o vídeo com a música “Put Your Head On My Shoulder”, de Paul Anka, com roupas casuais e após o cantor terminar a frase do refrão, há uma transição para a música “Streets”, e a pessoa deve fazer danças e movimentos sensuais com um filtro vermelho. 

Esse desafio fez tanto sucesso, que a própria Doja cat inseriu a ideia no videoclipe da sua música. Confira os challenges que viralizaram em janeiro deste ano: 


Challenges que viralizaram em janeiro deste ano no Tiktok, com a música de Doja Cat. (Reprodução: Canal Dark Green/ Youtube)



Agora veja como Doja cat fez seu clipe, inspirado nas ideias do Tiktok:
 

Clipe Streets, da cantora Doja Cat. (Reprodução: Canal Doja Cat/ Youtube )


De acordo com o Papel Pop, a música ‘’Roses’’, do SAINt JHN  foi lançada em 2016, mas foi em 2020 que ela foi remixada pelo DJ Imanbek e viralizou no aplicativo. Em junho do mesmo ano, ela entrou no top 5 da Billboard Hot 100, que mensura quais são as músicas mais tocadas. 

Já em dezembro do ano passado, o álbum ‘’Rumors’’, da banda Fleetwood Mac foi para o top 10 da parada Hot 200 da Billboard. A música ‘’Dreams’’ ganhou destaque após o usuário @doggface208 publicar um vídeo andando de skate com a música de fundo. 

Taylor Swift  viu também sua música “Love Story”, voltar a ficar em alta nas plataformas de streaming após um remix viralizar no Tiktok. A música é de 2008, mas voltou para o top 200 do Spotify Global, segundo o Portal Famosos Brasil

No Brasil, esse impacto do Tiktok na música não seria diferente. O funkeiro MC Niack  viu a sua música “Na raba toma tapão’’ virar tema de coreografias, challenges e trends de maquiagem no Tiktok, e devido a isso, de acordo com a revista Época, de abril a junho de 2020 a música nunca esteve abaixo do Top 5 de downloads. Ainda segundo a revista Rolling Stones, depois do lançamento da música o MC conseguiu mais de 5 milhões de ouvintes mensais no Spotify. 

O remix da música “Oh NaNaNa”, do DJ 6RB e Bonde R300 foi tão reproduzida que ganhou espaço em outros países também. O apresentador Jimmy Fallon  gravou o challenge da música em seu programa. Veja abaixo:


Vídeo do apresentador Jimmy Fallon dançando o remix da música ''Oh na na'', no seu programa The Tonight Show. (Reprodução: Canal Ryan Sol Vlog/ Youtube)



É inegável que o Tiktok pode alavancar hits e carreiras, o aplicativo tem se tornado uma nova forma de fazer música e ganhar visibilidade. Hoje, a estratégia é ganhar destaque no aplicativo, ser reconhecido no mundo da música e quem sabe concorrer a um Grammy, como a cantora Doja Cat.
 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »