20/10/2021 às 10h38min - Atualizada em 20/10/2021 às 10h00min

Como é estar sempre respirando (e aspirando) novos ares?

Conheça Camila Lustosa, a potiguar que já viajou para 19 países.

Malu Figueiredo - Editado por Victória Silva
Fonte : Cami pelo Mundo
Viajar, conhecer novos lugares e se deixar levar por seus encantamentos é uma prática almejada por muitas pessoas e recorrente na vida de outras. Os viajantes assíduos vivem várias vidas em uma só, isto porque estão sempre conhecendo diferentes contextos, culturas e ares.

Camila Lustosa, 23 anos, estudante de jornalismo, já viajou para 19 países e tem muito a contar a respeito deste assunto. Ela afirma que amou conhecer cidades como Londres, Amsterdam, Barcelona e Buenos Aires. Também adorou suas viagens pela Itália, bem como se encantou pelo Brasil, principalmente pela Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.

“Eu amei todos esses porque cada um me marcou de um modo, seja com experiências novas, pessoas novas, relacionamentos e comidas”, explica.

Sendo apaixonada por viagens, Camila criou um perfil chamado Cami pelo Mundo no Instagram, com o intuito de registrar momentos marcantes de suas ‘turistadas’ e de expressar seu amor pelo ato de viajar.

“Eu não queria fazer isso só no perfil pessoal, senti que faltava algo”, afirma.


Ela relata que é difícil dizer qual lugar menos gostou de conhecer, já que amou todos, mas se fosse para escolher algum seria Malta, pois teve péssimas experiências com uma pessoa específica, porém as amizades que fez por lá compensou o estrago.

A primeira viagem internacional de Camila, quando tinha apenas 9 anos de idade, foi à Argentina, porém, por ser muito nova na época, não se recorda de muita coisa além do frio que passou por lá, o qual a agradou bastante. Já a última jornada ao exterior foi em 2019, em um cruzeiro pela Europa com seus avós paternos.

“Foi lindo. Foi naquela vez que conheci Barcelona e me apaixonei pela cidade. Tava rolando um protesto no dia que fui, então não conheci muita coisa. Mas isso é só uma desculpa pra voltar”, assegura.


Além disso, Camila cita como experiências inesquecíveis a culinária da Itália, com suas pizzas e massas, e da Irlanda, com os fish and chips, e também a arquitetura tanto da Europa, quanto da América Latina e dos Estados Unidos, em suas igrejas, museus e parques.

O gostinho de independência que sentiu em seu intercâmbio para Malta aos 20 anos foi uma experiência que marcou muito Camila. O fato de ter que ‘se virar’ sozinha e fazer tudo sem ninguém para agir por ela despertou dentro de si muita maturidade.

Outra viagem muito marcante para Camila foi sua ida à Grécia, quando conheceu o Phartenon e outras construções antigas. Ela destaca que a energia que sentiu por lá foi o suficiente para ser lembrada e dar um gostinho de ‘quero mais’, despertando na viajante o desejo de voltar um dia, e ainda passear pelas ilhas gregas em seu retorno.

“Acho que foi uma das melhores coisas, pena que perdi todas as fotos”, lamenta.


Um dos países que a viajante assídua almeja para integrar na sua lista é o Egito, que sempre a atraiu desde pequena e pelo qual é fascinada devido a arquitetura e cultura do país.

“ Eu amo estudar sobre e ainda li uma coleção de livros quando pequena (acho que eu tinha uns 11 anos) sobre mitologia egípicia, e amei demais”, declara Camila.


A estudante também destaca a Califórnia como lugar que pretende visitar, devido a cidade de Los Angeles e São Francisco, a energia cinematográfica presente no local, o que a atrai muito, e ao fato de ser uma capital global repleta de gente e histórias. Além destes locais, Camila inclui o Peru, a Colômbia e a Bolívia na sua lista de futuras visitações, e exclui a Rússia.

“O Peru, a Colômbia e a Bolívia seria para tornar mais alcançável o sonho de viajar pela América Latina inteira,uma vontade antiga minha. Já a Rússia nunca me atraiu, nem as pessoas, nem a arquitetura, nem nada”, confessa.

 Para Camila, a sensação de quando vai viajar é como realizar uma meta de vida.

“Me sinto plena quando viajo, e quando vou embora a sensação é muito ruim, nossa! Sempre fico com saudade de alguma coisa ou de alguém”, conta.

A estudante é um verdadeiro exemplo de aspirante de viagens. Já tendo respirado diversos ares, Camila serve de inspiração para muitas pessoas que almejam conhecer novos lugares, vidas e culturas, trazendo um pouco de sua experiência através da internet. Sem dúvidas, toda essa rotatividade é uma experiência libertadora e repleta de aventuras.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »