20/11/2021 às 18h52min - Atualizada em 18/11/2021 às 16h10min

Características brasileiras e suas miscigenações

Revelar como os brasileiros construíram sua própria identidade cultural e como a mistura de outros povos ajudaram nesse processo

Maurilio Gabriel - editado por Luhê Ramos
Características brasileiras e sua miscigenação | Fonte: Imagem retirada do Portal UOL
Há alguns anos, o território brasileiro, que antes era colônia de Portugal, traz consigo algumas características de outros povos, de outras culturas e outras etnias. Com o passar dos anos, se tornou um país independente, deixando então de ser colônia de Portugal. O Brasil começa então sua jornada á procura de suas próprias características culturais.

Ao falar da formação do povo brasileiro, é necessário primeiramente considerar que essa é uma história de longa duração e com muitos personagens. Como bem sabemos, o povo brasileiro é marcado pela questão da diversidade. Uma diversidade de cores, fisionomias, tradições e costumes que atestam a riqueza da população que ocupa todo esse território.
E com isso, o brasileiro como um povo multiétnico foi criando suas próprias peculiaridades.

Religiões brasileiras

No Brasil, com a chegada de escravos trazidos da África, foi posto no território brasileiro as características dos negros africanos e também sua religião, o candomblé que ao longo dos tempos foi ganhando aspectos brasileiros não deixando de lado sua essência que é acreditar no sagrado, em Deus e os Orixás.

Assim como também, o catolicismo que foi trazido pelos colonizadores e que ganhou aspectos brasileiros fortíssimos. Através da Companhia de Jesus, os indígenas foram ensinados e catequizados na religião romana. Posteriormente, os franciscanos e outras ordens religiosas se instalaram no Brasil. O número de brasileiros que se declaram católicos gira em torno de 125 milhões, três quartos da população brasileira.

Assim como as citadas acima, o Brasil tem outras religiões predominantes dentro de seu território, como os dados mostram abaixo:

  • Católica: 50%
  • Evangélica: 31%
  • Não tem religião: 10%
  • Espírita: 3%
  • Umbanda, candomblé ou outras religiões afro-brasileiras: 2%
  • Outra: 2%
  • Ateu: 1%
  • Judaica: 0,3%

Músicas brasileiras

A música brasileira foi muito influenciada pelos povos africanos e europeus. Ao longo do tempo, houve a mistura dos sons indígenas, africanos e europeus. Estes se misturaram e influenciaram a música brasileira atual. Cada grupo influenciou a música brasileira, com seus instrumentos, danças e ritmos.
Esse aspecto não poderia deixar de faltar por aqui, e isso é o que da ginga para esse povo como: o Samba, o Funk Carioca, o Pagode, o Axé, o Sertanejo Universitário, o Baião, a Bossa Nova, o Choro, o Forró, o Frevo, a Lambada, o MPB, o Gospel e desde então o Brasil segue se reinventando e ganhando suas típicas características.


Tradições típicas do Brasil
Um povo rico em tradições, o brasileiro em cada cantinho do Brasil foi sendo guiado pelas suas crenças, e nas regiões Nordeste e Sudoeste as tradições são um tanto diferente, mas que não deixam de ser brasileiras.

Nordeste

Entre as manifestações culturais da região estão danças e festas como o bumba meu boi, maracatu, caboclinhos, carnaval, ciranda, coco, terno de zabumba, marujada, reisado, frevo, cavalhada e capoeira. Algumas manifestações religiosas são a festa de Iemanjá e a lavagem das escadarias do Bonfim. A literatura de Cordel é outro elemento forte da cultura nordestina. O artesanato é representado pelos trabalhos de rendas.

Sudoeste 

Os principais elementos da cultura regional são: festa do divino, festejos da páscoa e dos santos padroeiros, congada, cavalhadas, bumba meu boi, carnaval, peão de boiadeiro, dança de velhos, batuque, samba de lenço, festa de Iemanjá, folia de reis, caiapó.
Esses são apenas algumas de muitas características típicas que os brasileiros foram desenvolvendo após se descobrirem e reinventar sua própria identidade.

Fisionomias brasileira
Os primeiros mestiços brasileiros nasceram das uniões entre indígenas e portugueses, em regra mulheres indígenas e homens brancos. Para referirem-se aos filhos destas uniões os portugueses empregavam a palavra mameluco, enquanto entre indígenas uma palavra adotada com o mesmo significado era caboco ou caboclo e com a chegada dos africanos o território brasileiro foi ganhando miscigenação.


Embora essas características, aspectos e relevâncias citadas acima, sejam definições a esse povo, tudo isso é só um pouquinho do que esse território chamado de Brasil tem em sua múltipla diversidade cultural, fisionômica, musical, de costumes e tradições.

O brasileiro que em diversas partes do mundo é bem conhecido como um povo de aspecto misógino, acolhedor e divertido que mostra em sua natureza a sua diversidade cultural.

Por fim, a identidade do nosso povo foi se reinventando e com a chegada da globalização ela foi sendo distribuída com mais facilidade entre outras nações. Fazendo com que outras pessoas possam ter um contanto maior com esse povo carismático, diversificado e acolhedor.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »