14/05/2022 às 00h06min - Atualizada em 13/05/2022 às 15h59min

Pelo título, Manchester City enfrenta o West Ham e seca o Liverpool

A equipe de Pep Guardiola precisa da vitória e de um tropeleço dos Reds para conseguir o troféu do Campeonato Inglês com uma rodada de antecedência

Caio Henrique Panini de Oliveira - labdicasjornalismo.com
City derrotou o West Ham por 2 x 1 no primeiro turno (foto/reprodução: Premier League)
West Ham e Manchester City jogam neste domingo (15), às 10h (horário de Brasília), no Estádio Olímpico de Londres e é válido pela 37ª rodada da Premier League 2021/22. Assim, a equipe da casa está na 7ª posição, com 55 pontos. The Hammers brigam por uma vaga para a próxima Europa League. Atualmente, o clube se encontra na zona de classificação para a Conference League. O City é o líder da competição, com 89 pontos. Com três pontos a mais do que o Liverpool, caso vençam o jogo, os Cityzens garantem o 8º titulo inglês e o 6º na era Premier League. 

WEST HAM

O meio-campista Said Benrahma, que marcou dois gols diante do Norwich City, é dúvida e será avaliado antes do jogo. Em contrapartida, o atacante Antonio e o zagueiro Dawson estão disponíveis para o confronto. O italiano Ogbonna possui rotura dos ligamentos cruzados e só volta na próxima temporada. Diante do Manchester City, o técnico David Moyes deve repetir a escalação da última rodada. Com Lanzini e Rice no meio de campo, Bowen, Fornals e Antonio mais a frente.

O atacante Bowen vive boa fase na atual temporada. Em resumo, o inglês participou de 49 jogos, marcou 16 gols e deu 13 assistências. Jarrod é o segundo jogador do West Ham a alcançar a marca de pelo menos dez gols e dez assistências dentro da Premier League. Paolo Di Canio, que atuou durante quatro temporadas em Londres, alcançou esse recorde na época 1999/00. Por fim, Yarmolenko, que possui contrato até o fim da 2021/22, não renovará o contrato e sairá de graça do The Hammers em junho deste ano.

Provável Escalação: Fabianski, Coufal, Dawson, Zouma, Cresswell, Rice, Lanzini, Fornals, Bowen, Benrahma (Vlasic) e Antonio. Técnico: David Moyes.


MANCHESTER CITY

A equipe de Guardiola possui problemas no sistema defensivo e pode ir para o jogo desfalcado. Walker, John Stones e Ruben Dias estão fora da temporada 2021/22. Além disso, no jogo diante do Wolves, a dupla de zaga foi formada por Laporte e Fernandinho. Todavia, ambos saíram lesionados e serão avaliados para o final de semana. A princípio, a defesa pode ser começar com Aké entre os titulares. Assim, Fernandinho ou Laporte pode começar entre os suplentes.

No setor ofensivo, Sterling e Kevin de Bruyne possuem bons números na atual época. O inglês participou de 46 confrontos, marcou 17 gols e deu oito assistências. O belga possui 43 partidas, 19 tentos e 13 passes para gol. Esta é a temporada mais artilheira de Kevin na carreira. A princípio, Pep Guardiola também deve repetir quase todos os jogadores que venceram os Wolves. A dúvida fica na defesa.

Provável Escalação: Ederson, Cancelo, Aké, Laporte (Fernandinho), Zinchenko, Gundogan, Rodri, Sterling, Silva, Foden e De Bruyne. Técnico: Pep Guardiola.


HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Os times se encontram 115 vezes na história do futebol. Dessa forma, são 37 vitórias para o West Ham, 59 para o Manchester City e 19 empates. Então, a maior goleada aconteceu na Capital One Cup 2013/14. Naquele jogo, o City venceu por 6 x 0. Por fim, são 152 gols marcados pelos The Hammers e 200 para os Cityzens.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »