22/05/2022 às 19h56min - Atualizada em 22/05/2022 às 19h53min

Milan derrota Sassuolo e conquista o título do Campeonato Italiano após 11 anos

Giroud (2) e Kessié marcaram os gols dos rossoneri e deram fim ao jejum de títulos nacionais do clube do norte da Itália

Felipe Sousa - editado por Paulo Octávio
A vibração dos jogadores do Milan após o fim de jogo (Chris Ricco/Getty Images)
Foram anos de vacas magras e campanhas aquém da grandeza da Associazione Calcio Milan, mas neste domingo (22), após vencer o Sassuolo de forma categórica por 3 a 0 no estádio Città del Tricolore, o torcedor milanista lavou a alma e comemorou o 19º título do Campeonato Italiano após 11 anos de jejum – o último scudetto havia sido conquistado na temporada 2010/11. A equipe precisava apenas de um empate para ficar com o troféu, mas o Milan não tomou conhecimento do adversário e definiu o placar ainda no primeiro tempo, com dois gols de Olivier Giroud e um de Franck Kesisé. Rafael Leão, por sua vez, deu as três assistências da partida.

A Internazionale, adversária na briga pelo título, até fez a sua parte ao vencer a sua parte ao vencer a Sampdoria por 3 a 0 no Guiseppe Meazza, mas não foi o suficiente para impedir a conquista do rival, que a igualou em número de títulos italianos – agora, ambos têm 19. Depois de uma década perdida com apostas que não se provaram em campo, decisões questionáveis de dirigentes e campanhas medianas que chegaram a tirar o Milan das competições europeias, o clube volta ao topo do futebol italiano com uma equipe jovem, eficaz e que não era apontada como favorita antes do início do torneio.

PRIMEIRO TEMPO  

O Milan entrou em campo determinado a não dar sopa para o azar e pressionou o Sassuolo nos primeiros segundos de partida. A primeira grande chance veio aos 6 minutos em cabeçada de Giroud para boa defesa do goleiro Consigli. A equipe milanista apostou em uma pressão intensa na saída de bola; a partir de uma dessas ações, Tonali roubou a bola da defesa perto da área e tocou para Rafael Leão, que foi travado no momento da finalização. Era apenas uma amostra do que viria nos minutos seguintes.

Consigli fez outra boa intervenção a defender um chute de Saelemaekers, frente a frente com o meia do Milan, e teve que trabalhar de novo em chute colocado de Rafael Leão. Aos 16 minutos, o jovem português recuperou a bola de Ayhan e avançou pela esquerda; ao invadir a área, tocou para Giroud. A bola chegou a resvalar em Maxine Lopez e chegou aos pés do francês, que finalizou para abrir o placar. Consigli teve azar: o chute passou entre as pernas do goleiro do Sassuolo.

O 1 a 0 no placar não diminuiu o ímpeto do Milan, em campo, que seguiu na pressão. Pouco depois do primeiro gol da partida, Consigli defendeu um forte chute de Tonali, fora da área. Também de longe, Saelemaekers obrigou outra defesa do goleiro do Sassuolo; a bola seguiu viva dentro da pequena área, Theo Hernandez finalizou e a defesa evitou o segundo gol quase em cima da linha.

Aos 31 minutos, porém, Rafael Leão pressionou Ferrari pelo lado esquerdo, tomou a bola, avançou e serviu Giroud, que chutou com categoria para ampliar o placar. O título estava cada vez mais perto. Apenas quatro minutos depois, Krunic tomou a bola de Maxine Lopez e acionou Rafael Leão, agora pelo lado direito. O português cruzou para Kessié, que finalizou de chapa no ângulo. A torcida do Milan, que invadiu o Città del Tricolore e era maioria no estádio, não conseguia mais segurar a emoção.

O primeiro lance de perigo dos donos da casa veio somente aos 42 minutos, quando Frattesi cabeceou na área para defesa de Maignan – eleito o melhor goleiro do campeonato.

SEGUNDO TEMPO

Com a vitória encaminhada, o Milan pisou no freio e passou a administrar o resultado. Berardi, duas vezes, até tentou inaugurar o placar a favor dos donos da casa, sem sucesso. Aos 27 minutos, Ibrahimovic, único remanescente do título de 2010/11, entrou em campo. O sueco até chegou a marcar aos 32, mas o gol foi anulado por impedimento de Rafael Leão, responsável pela assistência.

Traoré chegou a carimbar a trave a favor do Sassuolo no fim, mas o resultado já estava garantido. Após o apito final e a confirmação do título, os torcedores do Milan invadiram o gramado para comemorar a conquista ao lado dos jogadores.

PRÓXIMOS CONFRONTOS 

A partida marcou o fim da temporada para ambas as equipes. O Milan, além do título e do fim do jejum, garante também a vaga na Liga dos Campeões como cabeça de chave. O Sassuolo terminou o Campeonato Italiano na 11ª colocação, com 50 pontos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »