31/05/2022 às 16h53min - Atualizada em 31/05/2022 às 16h50min

Red Bull Racing renova o contrato de Sergio Pérez até 2024

O piloto está em terceiro lugar na disputa da atual temporada, atrás do companheiro de equipe Max Verstappen e Charles Leclerc, da Ferrari

Maiara Montalvão Giudice Torres - Editado por: Alan Martins
Sergio Pérez bebe champanhe após vencer Grande Prêmio de Mônaco / Reprodução Red Bull Racing
A Oracle Red Bull Racing renovou o contrato de Sergio Pérez com a equipe até o final da temporada 2024 da Fórmula 1. O anúncio foi feito nesta terça-feira (31), dois dias depois da grande vitória do mexicano Grand Prix de Mônaco.

Sua trajetória no esporte começou em 2011, na equipe suíça Sauber. Após passagem pela Mclaren em 2013, o mexicano continuou a carreira por sete anos na Force India, que mais tarde se tornaria a Racing Point.

O piloto chegou à sua atual equipe para a temporada 2021. Ele estava desempregado desde o início de dezembro de 2020, quando sua equipe anterior, Racing Point, foi comprada por Lawrence Stroll. Em 2021, o time passou a se chamar Aston Martin e a estrela do grupo seria Sebastian Vettel, tetracampeão que estava de saída da Ferrari. A outra vaga da dupla estava nas mãos de Lance, filho de Stroll.

No último ano, Pérez ganhou o apoio do companheiro de equipe, o holandês Max Verstappen, atual campeão mundial, conquistando 190 pontos e o quarto lugar da competição.

Com a vitória deste domingo, após as sete corridas da temporada 2022, o mexicano se firmou em terceiro lugar na edição, indo a 110 pontos, só 15 a menos que seu companheiro de equipe e atual líder Verstappen, e apenas seis atrás de Charles Leclerc, da Ferrari, que está na segunda posição.

No pódio, o emocionado Pérez se tornou primeiro latino-americano a vencer no Principado Monegasco desde o colombiano Juan Pablo Montoya, em 2003.
Após o anúncio oficial, o piloto comemorou em suas redes sociais.

 
“Vencer o GP de Mônaco é um sonho para qualquer piloto, e comemorar a minha primeira vitória lá com o anúncio de que continuarei com a Red Bull até 2024 é a cereja do bolo. #Nuncadesista”, disse ele.
O esportista também declarou estar muito orgulhoso de ser um membro da RBR e se sente completamente em casa agora. Segundo ele, a equipe está trabalhando muito bem e seu relacionamento com Max, dentro e fora dos Grand Prix, os ajuda a avançar ainda mais.
O chefe da equipe austríaca Christian Horner não poupou elogios a Pérez na renovação de seu contrato.

“Desde que ingressou na Oracle Red Bull Racing, Checo [apelido dado ao piloto pelos fãs de Fórmula 1] fez um trabalho fantástico. Repetidas vezes ele provou ser não apenas um magnífico piloto de equipe, mas à medida que seu nível de adaptação cresceu, ele se tornou uma força real a ser reconhecida na dianteira do grid”, disse ele.

“Neste ano, ele deu mais um passo à frente, e a diferença para o campeão do mundo Max diminuiu significativamente, evidenciado pela sua excelente pole position em Jedá no início deste ano e pela sua maravilhosa vitória no Mónaco no último fim de semana. Para nós, manter seu ritmo, habilidade de corrida e sua experiência foi uma decisão muito fácil, e estamos muito satisfeitos que Checo continuará correndo pela equipe até 2024. Em parceria com Max, acreditamos que temos uma dupla de pilotos que pode nos trazer os maiores prêmios na F1”, completou o dirigente esportivo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »