13/06/2022 às 17h45min - Atualizada em 10/06/2022 às 16h15min

A importância do Folclore para a cultura brasileira

O Folclore vai além de lendas e mitos, é uma representação fundamental para a cultura brasileira

Victória Santos - Revisado por Vanessa Kelly
brasilescola.uol.com.br
Decoração Festa Junina. (Foto: Reprodução/ Shutterstock).

O Folclore é um movimento cultural muito popular em nosso país. Afinal, quem nunca ouviu falar do Saci-pererê, menino negro que fuma cachimbo e pula com uma perna só? Ou sobre o curupira, menino com cabelos vermelhos e pés virados para trás? Ou até mesmo a famosa mula sem cabeça, que solta fogo pelo pescoço? 

 

Origem do termo folclore 

A palavra folclore foi criada em ainda no século XIX e sua origem está ligada à língua inglesa. O termo em português deriva da palavra folklore no inglês, termo que foi apresentado pelo escritor William John Thoms, em 1846. A expressão foi registrada por meio de uma carta que Thoms publicou em uma revista chamada The Atheneum. 

 

A proposta formava-se a junção de duas palavras do inglês, que eram: 

Folk: significa “povo”, 

Lore: significa “conhecimento” ou “saber”. 

 

Ao juntar as duas palavras, forma-se a palavra folklore, cujo significado é “saber tradicional de um povo”.  

 

História do folclore brasileiro  

O folclore brasileiro só ganhou força em meados do século XX. Isso só se tornou possível graças à influência do Romantismo, que estava relacionado a movimentos nacionalistas e ressaltavam a cultura nacional. 

 

Desde então, o folclore passou a ser visto como uma forma de valorizar a cultura nacional brasileira. Na década de 1930, Mário de Andrade, quando esteve à frente do Departamento de Cultura do Estado de São Paulo, fortaleceu ainda mais os estudos sobre o folclore brasileiro, aproximando-o dos campos das ciências sociais e humanas.  

 

Em 1940, a Unesco propôs a preservação do folclore nacional, resultando na criação da Comissão Nacional do Folclore em 1947. Anos depois, em 1951 houve o I Congresso Brasileiro de Folclore, no Rio de Janeiro.  

 

E os estudos não param por aí. Em 1958, no governo de Juscelino Kubitschek, foi produzida a Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro, por meio do Ministério da Educação e Cultura. O objetivo era de preservar e garantir os bens folclóricos brasileiro.  

A Constituição Brasileira de 1988 garante, nos artigos 215 e 216, a preservação do folclore brasileiro como patrimônio cultural.  

 

Manifestações do folclore brasileiro 

 

O VIII Congresso Brasileiro de Folclore, realizado em 1995, afirmou que o folclore brasileiro é resultado das criações culturais de uma comunidade, sendo assim, o folclore vai muito além de contos e personagens, mas como também ritmos musicais, danças, brincadeiras e as famosas festas populares.  

Alguns exemplos de manifestações folclore brasileiro são:

 

  • Carnaval;  
  • Festa Junina;  
  • Literatura de Cordel;  
  • Samba;  
  • Brincadeira de soltar pipa; 
  • Folia de Reis.

 

Festa de Carnaval.

Festa de Carnaval.

(Foto: Reprodução/ Brasil Escola).

 

Personagens mais famosos do folclore brasileiro 

 

Uma das partes mais importantes do folclore brasileiro, são as lendas e mitos que se tornaram famosos em nossa cultura popular. Seres místicos com características marcantes influenciaram na formação da cultura brasileira. Alguns desses personagens:

 

  • Saci-pererê: O Saci é um menino negro conhecido por realizar molecagens contra moradores da zona rural. Marcado por pular de uma perna só, fuma cachimbo e usa um capuz vermelho que lhe garante poderes mágicos, o Saci é uma entidade do folclore brasileiro.  

 

  • Cuca: O famoso “bicho papão”. A Cuca é uma personagem muito temerosa pelas crianças, é retratada por uma velha feia com cara de jacaré e que nunca dorme. Sua personagem é ligada com o “roubo” de crianças que não querem dormir. Quem não se lembra da tradicional cantiga de ninar que diz: “nana neném que a Cuca vem pegar”

 

  • Iara: Iara significa “Senhora das Águas”, é uma sereia muito bela que vive nas águas doces do rio Amazonas que atrai pescadores com suas harmoniosas canções a fim de matá-los. Antes de se tornar sereia, Iara era uma índia atraente e muitíssimo inteligente que incitava muita inveja, principalmente de seus irmãos. Assim, com o objetivo de acabar com o problema, seus irmãos decidem matá-la. Porém, é Iara que acaba matando seus irmãos e como consequência, é lançada no rio e torna-se uma sereia com objetivo de matar os homens.


Lenda folclórica Iara.

Lenda folclórica Iara.

(Foto: Reprodução / Toda Matéria).

  

A importância do folclore para a cultura brasileira  

 

O folclore brasileiro é um dos mais ricos do mundo, justamente por causa de sua vasta diversidade, junção de etnias e culturas. É um conjunto de tradições e manifestações culturais. Ao longo dos anos, o folclore brasileiro foi se ressignificando e se modernizando, porém o folclore não se limita mais só a lendas e mitos. 
 

Os elementos criados pelo povo não só estruturam a sua vida, como também a definem. Muitos desses elementos foram herdados de seus ancestrais, suas raízes transcendem as fronteiras geográficas.
 

A maneira como eles interagem, se manifestam, os enredos e os cenários, surge assim, a cultura desse povo. O folclore apresenta uma grande importância para a identidade de um povo e para que essa tradição não se perca, é preciso que as manifestações culturais sejam realizadas através de gerações. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »