31/07/2022 às 22h35min - Atualizada em 31/07/2022 às 22h31min

Verstappen leva o GP da Hungria e vai se isolando na liderança do campeonato

Dobradinha da mercedes completou o pódio, Hamilton em segundo e Russell em terceiro

Ana Carolina Gomez - Editado por: Alan Martins
Max Verstappen durante o GP da Hungria. Foto reprodução: Francois Nel/Getty Images
Max Verstappen venceu no circuito de Hungaroring, Hungria, que aconteceu neste domingo (31), numa corrida em que o piloto da Red Bull teve problemas e largou em décimo lugar. Houve também um erro de estratégia por parte da Ferrari, que acabou prejudicando o seu rival, Charles Leclerc. Agora, a distância entre os dois na briga pelo campeonato mundial é de 80 pontos, o que faz do holandês o favorito a conquistar o bicampeonato. 
 
No sábado, George Russell conseguiu a primeira pole da carreira e terminou em terceiro. O outro piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, largou na sétima colocação e terminou em segundo, este foi o seu quinto pódio consecutivo. O terceiro lugar ajudou Russell a subir para a quarta colocação no campeonato, ultrapassando Carlos Sainz (Ferrari). Hamilton é o sexto. No mundial de construtores, a Mercedes vem reduzindo a diferença em relação a equipe italiana e está apenas 30 pontos atrás. 
 
A CORRIDA

Ao apagar das luzes em Hungaroring, George Russell conseguiu se afastar dos ataques dos pilotos da Ferrari, Carlos Sainz e Charles Leclerc, para se manter em primeiro lugar. Na volta três, o piloto da Mercedes conseguiu abrir uma vantagem de mais ou menos dois segundos em relação ao piloto espanhol. Seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton largou bem, e conseguiu ultrapassar Fernando Alonso e Esteban Ocon e ocupou a quinta posição.
 
O safety car virtual não demorou muito para entrar em ação, logo no final da primeira volta. O piloto da Williams, Alexander Albon, teve problemas com o carro após um contato com Sebastian Vettel logo na primeira curva.
 
Max Verstappen saiu da 10º colocação e atacou os adversáios. O piloto da Red Bull foi para cima das duas Alpines, a de Fernando Alonso e Esteban Ocon, e conseguiu vencer um por um e ocupou o sexto lugar.
 
Na volta 11, Max ultrapassou seu companheiro de equipe, Sergio Pérez. O piloto da McLaren, Lando Norris, acabou sendo ultrapassado por Verstappen e Hamilton.
 
Durante a volta 15, os pilotos começaram a ir aos boxes. Russell que estava em primeiro, acabou caindo para a sexta colocação. Leclerc foi o último a parar e deu a chance para o piloto britânico voltar para a primeira posição e na volta 22, já liderava com pouco mais de um segundo de vantagem em relação ao piloto da Ferrari.
 
Na volta 29, Leclerc atacou Russell. A briga foi intensa e o britânico se segurou na liderança, até que durante a volta 31, o monegasco conseguiu assumir a primeira colocação.
 
Depois de cinco voltas, Leclerc já tinha uma vantagem de três segundos sobre Russell. O outro piloto da Ferari, Carlos Sainz, tentou disputar com a Mercedes o segundo lugar, mas não obteve sucesso.
 
Verstappen foi o primeiro piloto a ir para os boxes pela segunda vez. O piloto holandês, voltou em quinto, atrás de Leclerc, que também havia parado para trocar os pneus.
 
Na volta 41, Verstappen conseguiu ultrapassar Leclerc e ficou em terceiro lugar. Porém, logo depois da ultrapassagem, o holandês rodou sozinho na pista e voltou para o quarto lugar e precisou novamente brigar com Leclerc pela posição. Durante a volta 45, o piloto da Red Bull conseguiu reparar o erro e retomou o terceiro lugar.
 
Durante a volta 48, a Ferrari chamou o Sainz para os boxes, mas o pitstop demorou mais que o esperado. Hamilton que ainda não tinha parado pela segunda vez, assumiu provisóriamente a liderança e o Verstappen ficou em segundo. O piloto da Mercedes foi chamado para os boxes na volta 52, fazendo com que o holandês assumise a liderança.
 
O piloto da Mercedes, Russell, conseguiu diminuir a vantagem de Leclerc a partir da volta 50. Após muita insistência do britânico, ele conseguiu ultrapassar o monegasco na volta 54. Depois de perder a colocação, a Ferrari chamou Leclerc para os boxes.
 
Depois de assumir a liderança na volta 52, Verstappen passou a ficar longe do resto do grid. Durante a volta 59º , o holandês já tinha mais de oito segundos de vantagem sobre o Russell.
 
Na volta 62, Hamilton ultrapassa Sainz e ocupa a terceira posição. Quem estava em segundo lugar era o seu companheiro de equipe, Russell. Na volta 65, ele ultrapassa o seu colega e assumi a segunda colocação.
 
A classificação final foi: Max Verstappen em , Lewis Hamilton em 2º, George Russell em 3º, Carlos Sainz em 4º, Sergio Pérez em 5º, Charles Leclerc em 6º, Lando Norris em 7º, Fernando Alonso em 8º, Esteban Ocon em 9º, Sebastian Vettel em 10º, Lance Stroll em 11º, Pierre Gasly em 12º, Guanyu Zhou em 13º, Mick Schumacher em 14º, Daniel Ricciardo em 15º, Kevin Magnussen em 16º, Alexander Albon em 17º, Nicholas Latifi em 18º, Yuki Tsunoda em 19º. Valtteri Bottas não completou a corrida.
 
PROXIMA CORRIDA

A Fórmula 1 entrará nas férias de verão e só irá voltar no final de agosto, dia 28 (domingo), para a disputa do Grande Prêmio da Bélgica, no circuito de Spa-Francorchamps.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »