17/09/2022 às 15h07min - Atualizada em 17/09/2022 às 15h07min

Vinicius Júnior vira alvo de racismo antes do clássico espanhol

Preconceito contra brasileiro é mais um episódio de tensão entre Atlético de Madrid e Real Madrid

Paulo Octávio
Vinicius Junior comemora com dança durante jogo com Betis. Foto: Getty Images

Era para ser só mais um clássico entre Atlético de Madrid e Real Madrid com toda rivalidade característica. Porém o jogo virou um desfile de preconceito contra Vinicius Júnior.  
O capitão do Atleti, Koke,  prometeu uma confusão caso o brasileiro comemorasse com uma dança. E o empresário Pedro Bravo também revelou preconceito em entrevista para TV espanhola. “Quando você marca um gol em seu adversário, se quiser sambar, vá para o Sambódromo, no Brasil. Aqui, o que você tem que fazer é respeitar seus companheiros de profissão e deixar de brincar de macaco”, afirmou.  

O caso gerou revolta e vários clubes brasileiros e Pelé apoiaram o jogador nas redes sociais. O próprio Vinicius divulgou um vídeo em que critica o preconceito. “Aceitem, respeitem ou surtem. Eu não vou parar. Não costumo vir publicamente rebater crítica. Sou atacado e não falo, sou elogiado e também não falo. Eu trabalho e muito. Dentro e fora de campo”, disse no vídeo. 

Mas o técnico Carlo Ancelloti disse que não há racismo na Espanha. Em entrevista coletiva neste sábado (17), o italiano defendeu o jogador, mas preferiu não comentar assuntos extracampo. 

Esse não é um episódio isolado e mostra a tensão recorrente entre as duas equipes. Nos últimos anos, o clássico é permeado por provocações e preconceito até na categoria de base. Em março passado, o Atlético foi punido por cantos racistas da Frente Atlético durante a Liga da Juventude. Além disso, o Atleti se recusou a fazer o passilo – o corredor de aplausos para o time que confirma o título antecipado. E até foi rompido o pacto de não contratação de um jogador da base do rival.  

A rivalidade começou devido a origem dos times. Real é oriundo da elite espanhola enquanto o Atlético surgiu das classes operárias de Madrid. E na Europa o futebol é mais politizado. 

Em meio a tudo isso, ao invés do jogo de gerar interesse pelo futebol, o público vai ficar na expectativa se Vinicius vai dançar após um gol ou se haverá algum ato de preconceito. A partida é válida pela 6ª rodada do Campeonato Espanhol, será no estádio Civitas Metropolitano. ESPN transmite o jogo.

ATLÉTICO DE MADRID 

O técnico Simeone disse que o goleiro Jan Oblak está apto para o jogo deste domingo. O arqueiro sofre com problemas físicos, mas, segundo o argentino, os reservas não estão aptos para o jogo.  

O time é o sétimo colocado com 10 pontos e com a vitória briga por vaga no G4. 

REAL MADRID 

Karim Benzema mais uma vez será desfalque. O atacante sofreu uma ruptura no músculo semitendíneo e uma sobrecarga no quadríceps e não há previsão para retorno do jogador. O francês será substituído pelo brasileiro Rodrygo

Madrid é segundo colocado do torneio com 15 pontos e um jogo a menos. Caso vença, ficará dois pontos na frente do Barcelona, que ganhou neste sábado. O Real é o único time das grandes ligas europeias com 100% de aproveitamento.  

HISTÓRICO DE CONFRONTOS 

229 jogos entre os rivais deste domingo. Foram 114 vitórias do Real, 57 triunfos do Atleti e 50 empates. 
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »