20/08/2019 às 16h43min - Atualizada em 20/08/2019 às 16h43min

Quartas de Final da Libertadores começam nesta terça-feira

Um clube brasileiro estará na final do torneio

Paulo Araújo - Editado por Paulo Octávio
De um lado da chave, quatro brasileiros medem forças: Colorado é um deles. Ricardo Duarte/Internacional
Oito times seguem na disputa do maior título da América do Sul. Quatro brasileiros estão no páreo, que ainda conta com os gigantes River Plate e Boca Juniors, além do paraguaio Cerro Porteño e da equatoriana LDU. O primeiro confronto que abre a fase dos oito melhores da América acontece na noite desta terça-feira (20), em Porto Alegre, quando Grêmio e Palmeiras se encontram para reviver o duelo que marcou a geração dos anos 90, na Libertadores de 1995. Outros dois jogos acontecem nesta quarta-feira (21) e River Plate x Cerro Porteño encerram os jogos de ida nesta semana. Confira detalhes dos confrontos:
 

GRÊMIO X PALMEIRAS 

As duas equipes que fizeram uma disputa de mata-mata memorável na Libertadores de 1995 e se encontram novamente em 2019. Naquele ano, o tricolor venceu a ida por 5 a 0, e o alviverde bateu o rival, no Palestra, por 5 a 1. O confronto deste ano é cheio de atrativos: desde os bancos de reservas -- que conta com Felipão e Renato Gaúcho, campeões da América com o tricolor gaúcho -- até o estilo de jogo diferente de cada time. O Grêmio joga a primeira partida em casa e, pelo melhor futebol apresentado nos últimos jogos, tem leve favoritismo diante do Palmeiras. O verdão, por sua vez, chega para o confronto cheio de dúvidas após o jejum de vitórias no Brasileirão desde a volta da Copa América. Ao lado da confiança palmeirense está o retrospecto dos últimos confrontos entre as equipes, já que o time paulista não perde para o gaúcho desde 2016.

 

FLAMENGO X INTERNACIONAL 

O outro confronto entre brasileiros expõe um belo paradoxo. De um lado o time mais talentoso do Brasil: o Flamengo, com sua constelação de craques. Do outro lado, o melhor conjunto do Brasil treinado por Odair Hellmann. O fator casa neste confronto deve fazer ser muito importante, já que o Internacional é praticamente imbatível no Beira-Rio, e o Mengão conta com o apoio do Maracanã lotado para tentar fazer a diferença no jogo de ida. A disputa é extremamente equilibrada e não dá para apontar quem é o favorito.

 

LDU x BOCA JUNIORS

Os equatorianos da LDU voltam às quartas de final da Libertadores após 11 anos. A última vez em que figuraram nesta fase do torneio continental, os equatorianos levaram o título. O time, que conta com a altitude da capital equatoriana ao seu favor, ganhou todos os jogos que disputou em casa, inclusive contra o Flamengo, na fase de grupos.  Já o Boca Juniors tenta reconquistar a América e se recuperar do trauma de ter perdido a última Libertadores para o eterno rival, River Plate. Com um elenco fortíssimo, os xeneizes ainda conseguiram contratar o italiano De Rossi, que promete muita raça no meio-de-campo da equipe e divididas duras, como é marca do jogador campeão do mundo em 2006. Os boquenses ganharam todas as partidas que fizeram na temida La Bombonera e devem levar a melhor no confronto contra a LDU.

 

RIVER PLATE X CERRO PORTEÑO

O Cerro Porteño segue na sua incansável busca pela conquista inédita da Libertadores da América. Os paraguaios venceram todos os jogos que disputaram em sua casa, no estádio La Nueva Olla. Uma das vítimas foi o Atlético-MG, goleado por 4x1 na fase de grupos. O plantel possui jogadores experientes, como o zagueiro Amorebieta e o atacante Haedo Valdez, que já balançou as redes quatro vezes na Libertadores. Contudo, o adversário do Ciclón nas quartas de La Copa não poderia ser mais indigesto: o atual campeão River Plate. O time treinado por Marcelo "Muñeco" Gallardo é o melhor da América do Sul e já confirmou essa condição ao vencer o título no último ano na maior final da história recente do torneio. Em uma equipe que conta com valores como Pinola, Montiel, Armani, Palácios, Ignácio Fernandez, Lucas Pratto e Scocco, o gigante argentino tem tudo para confirmar o favoritismo e avançar às semifinais. 

Os quatro classificados para as semifinais serão conhecidos na próxima semana. Os dois sobreviventes do maior torneio da América do Sul vão disputar a final no dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »