22/08/2019 às 01h25min - Atualizada em 22/08/2019 às 01h25min

Palmeiras segura pressão, vence Grêmio e fica próximo das semifinais

Gol de Gustavo Scarpa garantiu o triunfo da equipe alviverde, que ainda teve Felipe Melo expulso

João Felipe Carvalho - Editado por Paulo Octávio
Gustavo Scarpa anotou o gol que deu vantagem ao Palmeiras (Foto: Reprodução)

No primeiro jogo das quartas de final da Copa Libertadores, o Palmeiras segurou o Grêmio fora de casa e deixou Porto Alegre com vitória de 1 x 0. Gustavo Scarpa fez o gol do Verdão, que leva a vantagem do empate para São Paulo. Agora o tricolor gaúcho precisa devolver a derrota pelo mesmo placar para levar a decisão para os pênaltis, ou vencer por qualquer outra diferença maior que um gol.

PRIMEIRO TEMPO

O primeiro lance de perigo da partida ocorreu aos 2’, após Luiz Adriano atrapalhar reposição de Paulo Victor e cometer falta no goleiro. Dois minutos depois, Marcos Rocha cobrou lateral na área e Dudu completou por cima do gol. O Grêmio só chegou à meta adversária aos 8’, em finalização de Jean Pyerre. No lance seguinte, o meia sofreu entrada de Felipe Melo, que originou o primeiro cartão do jogo. Aos 14’, foi Alisson quem finalizou sem perigo para Weverton. Aos 16’, o Grêmio teve sua primeira baixa. Cortez sentiu dores e foi substituído por Juninho Capixaba. Porém, antes mesmo do lateral-esquerdo deixar o campo, o argentino Kannemann cometeu entrada dura e também foi punido com o amarelo.

O jogo seguiu. Com a estratégia do árbitro Patrício Lostau em deixar o jogo correr, a quantidade de entradas violentas aumentava. Isso ajudou o Palmeiras, que conseguiu o gol aos 34, quando Gustavo Scarpa, após receber bola ajeitada por Marcos Rocha, acertou o canto alto da meta de Paulo Victor. Com o gol sofrido, a equipe de Renato Gaúcho viu-se obrigada a atacar. Porém, só criou uma chance de perigo até o intervalo. No lance, Everton finalizou longe do gol.

SEGUNDO TEMPO

O Palmeiras mal voltou para o segundo tempo e já teve a chance de aumentar a vantagem. Para a sorte do Grêmio, Paulo Victor se esticou e forçou o escanteio. Atrás no placar, a equipe gaúcha esbarrava na barreira defensiva do alviverde, que recuou para garantir a vitória. Aos 11’, Everton avançou pela esquerda, levou para a perna direita e finalizou no meio do gol de Weverton, que encaixou o chute. Com o time fechado, a equipe de Felipão usava os contra-ataques para chegar ao segundo gol. Quando teve a oportunidade, aos 18’, Dudu chutou na direção de Kannemann e arrumou apenas um escanteio. A resposta do tricolor veio, mais uma vez, pelo lado esquerdo. Após tabela de Diego Tardelli com Everton, o ponta exigiu, novamente, a defesa de Weverton. Na parte final, o meia Carlos Eduardo ajudou na construção de duas investidas do Palmeiras. A primeira terminou com um chute de Willian sem perigo para Paulo Victor. Já a segunda passou perto da trave e assustou o goleiro do Grêmio. Dois minutos depois, o Palmeiras entrou em desvantagem numérica, já que Felipe Melo foi expulso pelo segundo cartão amarelo e deixou o campo aos prantos. Mesmo com um a mais, o time de Renato Gaúcho não foi feliz em vazar a defesa palmeirense e só finalizou mais duas vezes ao gol, ambas em chances de fora da área. Nenhuma delas entrou e o jogo terminou com vitória dos visitantes.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Como teve a partida contra o Fluminense, válida pela 16° rodada do Brasileirão, adiada para o dia 10 de setembro, por conta de problemas de calendário, o Palmeiras só retorna a campo para o jogo da volta, na próxima terça-feira (27), às 21h30. A partida será no estádio do Pacaembu, visto que a Arena Palmeiras encontra-se reservada para os shows da dupla Sandy e Junior, no próximo sábado e domingo. Já o Grêmio, apesar de insistência de jogadores e membros da direção, não conseguiu adiar a partida contra o Athletico e, por isso, estará em ação no sábado (24), às 17h, na Arena do Grêmio.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »