26/08/2019 às 18h22min - Atualizada em 26/08/2019 às 18h22min

Santos leva empate do Fortaleza e perde a liderança do Brasileirão

O time de Sampaoli abriu 3 a 0, mas viu seu adversário igualar o placar nos minutos finais da partida

Matheus Santiago - Editado por Paulo Octávio
Crédito da Foto: Ivan Storti/Santos FC
Nem o torcedor mais otimista do Fortaleza imaginou que seu time, que levou 3 a 0 no primeiro tempo do Santos -- até então líder do campeonato --buscaria o 3 a 3, com direito a gol nos minutos finais do segundo tempo. O empate 'milagroso' do Leão aconteceu neste domingo, 25, na Vila Belmiro em jogo valido pela 16º rodada do Brasileirão. O resultado custou a liderança do peixe, que foi ultrapassado pelo Flamengo nos critérios de desempate (mengão tem melhor saldo e melhor ataque). E mesmo com o bom resultado o tricolor caiu uma posição por causa da vitória do Vasco. Agora a equipe nordestina é a 15º colocada, com 18 pontos a quatro da zona do rebaixamento. O time paulista apesar do mau resultado manteve a invencibilidade no ano na Vila e contra o Leão em campeonatos brasileiro.
 
PRIMEIRO TEMPO 

O Santos começou o jogo sendo avassalador. No primeiro minuto de jogo, Jorge lança a bola para Evandro, que domina e toca para Sasha. O atacante toca para Marinho, que bate no canto direito do goleiro Felipe Alves para fazer o primeiro gol do peixe. Aos nove minutos, Marinho cobra escanteio do lado esquerdo, o goleiro do Fortaleza tira de soco, e Jorge aproveita a sobra com chute de primeira da meia-lua, O terceiro gol começa com um lançamento espetacular de Jorge para Sasha, que domina, avança para dentro da área e de cavadinha tira todas as chances de defesa do goleiro. O bandeirinha chegou a assinalou impedimento no lance, mas o arbitro de vídeo validou. Após os três gols, o jogo esfriou e não teve grandes chances para ambas as equipes.
 
SEGUNDO TEMPO 

Não se sabe exatamente o que o treinador do Leão, Zé Ricardo, conversou com seus jogadores no vestiário, mas foi o suficiente para a mudança de postura da equipe. A reação do Fortaleza começa aos 10 minutos. Edinho cai na área após contato com o zagueiro Aguilar, mas o árbitro Rodrigo D´Alonso Ferreira manda o jogo seguir. O árbitro de vídeo aciona Ferreira, que vai a cabine do VAR para analisar o lance. Após a consulta, o pênalti é marcado. Na cobrança, Wellington Paulista manda a bola do lado direito de Éverson. Aos 22 minutos, Carlinhos, pela ponta esquerda, cruza para a pequena área do Santos e ali está Wellington Paulista, sozinho, para finalizar e marcar o segundo do tricolor. Já aos 49 minutos, Carlinhos cruza na área, Aguilar falha e a bola sobra para Tinga marcar o gol que decretou o empate na Vila Belmiro.

 NA BRONCA

 
O atleta do peixe, Carlos Sánchez, publicou um texto em sua conta do Instagram em que lamenta a derrota sofrida pela equipe e a triste atitude de alguns torcedores do peixe, após o termino do jogo. “Hoje deixei a Vila Belmiro triste pelo resultado e pelas atitudes de alguns torcedores insultando um jogador [Victor Ferraz]!! Calma torcedor um dia tudo corre bem e outro dia não é tão bom. Ainda tem muitos jogos pela frente!! Continuaremos lutando para alcançar nossos sonhos de sermos campeões todos juntos. Abraço, obrigado pelo carinho” escreveu Sánchez. Jogador citado, Victor Ferraz, foi um dos principais alvos da torcida santista após o empate.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Neste final de semana, o Santos enfrenta a Chapecoense na Arena Condá. O jogo será sábado, 31, às 19h. Já o Fortaleza, recebe no domingo, 01, o Goiás, em casa, na Arena Castelão, às 16.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »