30/08/2019 às 11h18min - Atualizada em 30/08/2019 às 11h18min

13ª edição do Mundial de Clubes de vôlei feminino já tem a tabela definida

Oito clubes de quatro países participarão da competição em dezembro

Luiz Eduardo - Editado por Paulo Octávio
foto: divulgação/FIVB
Foi divulgada, na segunda-feira (26), pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) a tabela da Copa do Mundo de Clubes feminino 2019, que será realizada na China entre os dias 3 e 8 de dezembro. O torneio contará com a participação de oito times divididos em dois grupos de quatro, sendo que na primeira fase, as equipes se enfrentarão em turno único. O critério de pontuação consiste em três pontos para a equipe que ganhar por 3-0 ou 3-1, e dois pontos a quem vencer por 3-2. Os dois melhores de cada grupo avançam a semifinal, que classifica outros dois para a grande decisão no dia 8, no Ginásio Ningbo Beilum Gymnasium Hall, na cidade de Ningbo.
 
GRUPO A
O Brasil estará representado com o Minas Tênis Clube. A esquadra foi classificada por ter conquistado o Campeonato Sul-Americano e irá encontrar adversários difíceis. Logo de cara, vai encarar o grande Eczacibasi, da Turquia, que foi eliminado pelas mineiras na semifinal do último campeonato. Além das turcas, as brasileiras também irão jogar contra o Imoco Conegliano, da Itália, e o chinês Guangdong Evergrande. Dentre todas as equipes, o time oriental é, na teoria, o mais fraco de todos e só está na disputa porque é o representante do país sede. Dentre as jogadoras que prometem ser destaques, o Eczacibasi tem Tijana Bošković.  A atacante de 22 anos é uma das melhores atletas da atualidade e tem na bagagem uma medalha de prata na Rio 2016 pela seleção da Sérvia. No Conegliano, está Paola Egonu, jovem de 21 anos que foi eleita a melhor oposta do Mundial de Seleções de 2018.
 
GRUPO B
Na outra chave, está o Praia Clube, de Uberlândia, que vai disputar a Copa do Mundo de Clubes como convidado. As meninas do Triângulo mineiro terão como rivais o campeão da Champions League, o italiano Gorgonzola Novara, esquadra em que Egonu jogou até o ano passado. VakifBank Istambul, da Turquia, atual campeão do mundo também está na disputa. E o time local Tianjin Bohai, vencedor do Torneio Asiático de 2018, deve ser o maior perigo para as mulheres do Praia. Dessa forma, as mineiras se reencontrarão com a Gabi, ponteira que conquistou a Superliga 2018/2019 pelo Minas e hoje está no time turco. Outra jogadora que promete chamar atenção também do Vakifbank é Isabelle Haak, oposta contratada para a atual temporada que vem se destacando no cenário do voleibol internacional.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »