02/10/2019 às 11h11min - Atualizada em 02/10/2019 às 11h11min

Em busca da nossa melhor versão

Com uma linguagem única, a escritora brasiliense Luisa Peleja propõe um mergulho no mundo do autoconhecimento.

Nathália Dias - Editado por Leonardo Benedito
Jacqueline Lisboa/Esp Metrópoles
Autoconhecimento ou conhecer a si mesmo, encoraja o ser humano a utilizar aspectos positivos da sua vida para modificar os negativos, tornando-o mais equilibrado emocionalmente e mais feliz. De acordo com a psicologia, o autoconhecimento é a habilidade de ouvir a si mesmo, conhecendo seus medos, angústias e suas potencialidades. A pessoa que se conhece sabe lidar com as diversidades, sem que isso lhe atinja de forma negativa. 

No mundo das crônicas não é diferente. Com uma linguagem única, a brasiliense Luisa Peleja traz em seu livro Em Busca da Nossa Melhor Versão, um mergulho no mundo do autoconhecimento.

Nestas 66 crônicas que compõem o livro, Luisa propõe reflexões de entendimento, aceitação e como desfrutar dos melhores momentos da vida sem reverberar no negativo. Através da escrita, a Luisa propõe ao leitor a fazer o mesmo como terapia e autoanálise.

Frases como "Menos excesso e mais essência" e " Só vence quem peleja", marcam a temática desse livro lançado em junho deste ano pela Editora Labrador.

Sobre a autora
 
Nascida em Brasília (DF), Luisa Peleja desde pequena se interessou pelas letras e a vida a direcionou para o jornalismo. Formada pelo UniCEUB, em Brasília, tem sua própria empresa e trabalha com produção e gerenciamento de conteúdo para mídias sociais de outras empresas. Desde 2016, atua como influenciadora digital em seu perfil no Instagram e compartilha suas viagens, textos e reflexões, além de se aventurar como cronista e alcançar pessoas através das suas palavras.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »