07/10/2019 às 18h39min - Atualizada em 07/10/2019 às 18h39min

Decisões do VAR mexem com três jogos da 23ª rodada do Brasileirão

Árbitro de vídeo rouba a cena com polêmicas no último final de semana

Fernando Curty - Editado por Paulo Octávio
A linha polêmica no gol do Bruno Henrique. Fotos: Imagens Premiere/Reprodução Twitter/Globo Esporte

Quem imaginava que o árbitro de vídeo (VAR) iria encerrar as polêmicas e discussões após as partidas se enganou! Foram vários os debates sobre a arbitragem após os jogos do fim de semana, pela 23ª rodada do Brasileirão. A repercussão se deu justamente por decisões duvidosas protagonizadas pelos assistentes de vídeo. O balanço dos últimos jogos foi de dois pênaltis polêmicos e a não marcação de um impedimento, que deram o que falar entre os torcedores. No confronto entre Cruzeiro e Internacional, sábado (5), e no duelo de CSA e Avaí, domingo (6), os árbitros de campo foram acionados para revisar duas possíveis penalidades, que acabaram sendo confirmadas. Em matéria para o site GloboEsporte, o ex-árbitro Sandro Meira Ricci afirmou que os dois lances foram mal marcados, o que demonstra a inexperiência no uso do novo recurso. Para a FIFA, lances como esse não são passíveis de revisão, já que são classificados como interpretativos, por isso, a decisão deve ser tomada no campo.  

A outra polêmica ficou para o jogo do líder do campeonato, o Flamengo, que enfrentou a lanterna Chapecoense no domingo (6), às 11h. O único gol da partida, marcado por Bruno Henrique, foi confirmado pelo VAR após a revisão do lance, que apontou a posição legal do jogador rubro-negro. Porém, a  linha de impedimento fornecida não trouxe clareza a quem acompanhava a partida. Ainda segundo Ricci, durante a transmissão do jogo no Premiere, os árbitros acertaram ao confirmar o gol da equipe carioca. Nesse tipo de lance, os assistentes de vídeo fazem uso do recurso gráfico no computador para apontar marcações imperceptíveis ao olho humano. 

Em agosto, a CBF divulgou um balanço sobre os índices de acerto do árbitro de vídeo, apontando que foram apenas dez erros em lances capitais, com cerca de 98% de acerto nos lances do Campeonato Brasileiro, segundo a entidade. 

E você, sabe em que momentos o VAR pode interferir na partida? Caso o árbitro de campo tome uma decisão incorreta, o auxiliar de vídeo pode ajudar em:

  • Lances de gol 

  • Pênaltis 

  • Cartões vermelho direto 

  • Erro de identificação de jogador 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »