02/11/2019 às 23h21min - Atualizada em 02/11/2019 às 23h21min

Final da Libertadores coloca elencos caros à prova

River e Flamengo abriram a carteira para a formação de equipes competentes

Paulo Araújo - Editado por Paulo Octávio
Palacios é o segundo jogador mais caro da Libertadores. Foto: AFP

A final da Libertadores de 2019 será disputada entre dois times milionários, com plantéis caros e jogadores que custam muito dinheiro. Os Millonarios  -- apelido curioso do clube e que vem bem a calhar -- do River Plate e do Flamengo, investiram pesado para chegar à final, que será disputada no próximo dia 23 em Santiago, no Chile.

O elenco do time argentino custa a bagatela de 154,55 milhões de euros. O time treinado por Marcelo Gallardo também tem o segundo atleta mais valioso do torneio continental: trata-se do volante Palácios, de 21 anos, cria da base do River, que custa 20 milhões de euros. O meia fica atrás somente de Éverton Cebolinha, eliminado nas semifinais e que tem valor de mercado de 40 milhões de euros. Na metade do ano, o clube fechou as contratações do zagueiro Paulo Dias, vindo do Al Ahli, por oito milhões de euros; do lateral Fabrizio Angileri, do Godoy Cruz, por quatro milhões de euros; e do atacante colombiano Jorge Carrascal, emprestado pelo Karpaty Lviv, da Ucrânia. 

Outros nomes de peso foram contratados nos últimos anos como o atacante Lucas Pratto, o meia Juanfer Quintero e o goleiro Armani. Contudo, mesmo com grana em caixa, o time de Nuñez não prescinde do uso da base. O zagueiro Martínez Quarta, o volante Palácios e o lateral-direito Montiel saíram das categorias menores para brilhar no campeão da América. 

Do lado Rubro-Negro, o que já era um time caro ficou ainda mais estrelado com as chegadas de Rafinha, Gerson, Filipe Luís e Pablo Marí. O valor de mercado do elenco carioca é de 125,35 milhões de euros. O jogador mais caro do líder do Brasileirão é Gabigol, com um valor de mercado estimado em 20 milhões de euros. Dos 11 titulares, nenhum saiu da base. Contudo, Rafinha e Filipe Luís chegaram sem ter vínculo com outro clube, o que não obrigou o Flamengo a pagar uma taxa de transferência. Outro destaque do mengão, no que se refere a valor de mercado, é que o segundo atleta mais caro do Mengão é o garoto Renier, de 17 anos, com valor estimado em 15 milhões de euros. Seguido pelo uruguaio De Arrascaeta, que custa 13 milhões de euros. Informações sobre valores dos elencos são do site Transfermarkt.

Os times são admirados pela sua capacidade de oferecer bom futebol e um bom espetáculo para quem os assiste. A edição da Copa Libertadores de 2019, mostra que o bom uso do dinheiro traz resultados.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »