15/11/2019 às 17h20min - Atualizada em 15/11/2019 às 17h20min

Brasil perde e amarga pior jejum de vitórias desde 2012

Derrota do Brasil pressiona Tite para o jogo contra Coreia do Sul

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
Messi converte o pênalti e, de novo, decide contra o Brasil. Foto: AFP
Brasil foi derrotado pela Argentina por 1 a 0, com gol de Messi, de pênalti,  aos 11 do primeiro tempo, minutos após Gabriel Jesus perder uma penalidade. O jogo, válido pelo superclássico das Américas, foi realizado no estádio em Riade, Arábia Saudita, nesta sexta (15). Lucas Paqueta e Militão tiveram chance, mas não corresponderam. Com isso, a seleção canarinho segue sem vencer após a conquista da Copa América. Com o resultado de cinco jogos sem vitória, a seleção igualou sua a pior sequencia desde 2012, quando Mano Menezes era o técnico. Em caso de tropeço no jogo contra Coréia do Sul, na próxima terça, Tite deve balançar no cargo de treinador.

1° TEMPO

Nos primeiros minutos de jogo, a zaga brasileira se enrola duas vezes. Éder Militão e Thiago Silva deram bobeira e quase entregaram. Aos 8’ minutos, após o Gabriel Jesus ser derrubado por Pezzella, o árbitro marca penalidade. O centroavante bate no lado esquerdo do goleiro, tira do arqueiro, do gol e manda para fora.  Aos 10’ minutos, depois de arrancada de Messi o lateral Alex Sandro derruba o atacante argentino e o juiz marca pênalti. Atacante cobra, Alisson até pega a bola, mas o argentino aproveita o rebote e coloca os hermanos em vantagem. Após o gol, a seleção canarinho até tenta, mas não consegue penetrar na defesa argentina. Aos 44’ minutos, Paredes erra o passe na saída de bola. Willian consegue recuperar, mas falha no passe final. Aos 45’ minutos, Messi arranca,  passa pela defesa e chuta cruzado, mas Alisson defende com tranquilidade. Assim, a seleção argentina foi para o intervalo com 1 x 0 no placar.

2° TEMPO

Na volta do intervalo, a Argentina toca a bola e o Brasil tenta empatar. Aos 6’ minutos, Coutinho, na primeira bola, driblou dois e laçou para Jesus; mas ele  perdeu o tempo de bola. Willian ainda tentou finalizar, mas foi bloqueado. Aos 20’, Messi cobra a falta para a defesa do arqueiro brasileiro. A pressão continua. Aos 30’, a seleção albiceleste, finaliza duas vezes consecutiva. Paredes pega de primeira, e Alisson defende mais uma. Argentina sufoca os brasileiros. Aos 34’, Lautaro fica na cara do gol  entretanto perde a última boa chance do jogo.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Agora a seleção brasileira, enfrenta a Coreia do Sul na terça-feira (19) às 10h30 (horário de Brasília) no estádio em
Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos. E a seleção argentina enfrenta o Uruguai na segunda-feira (18) às 16h15 no estádio Bloomfiel, em Israel. O clássico sul-americano corre risco de ser cancelado devido à violência no país israelense.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »