10/12/2019 às 22h37min - Atualizada em 10/12/2019 às 22h37min

Chelsea derrota Lille e segue em busca do bicampeonato europeu

Ingleses avançam junto com Valencia e deixam Ajax pelo caminho no Grupo H. Sorteio de jogos das oitavas será dia 16

João Felipe Carvalho - Editado por Paulo Octávio
Azpilicueta agradece a Emerson pelo passe para o segundo gol da classificação do Chelsea (Foto: Glyn Kirk/AFP)

Frank Lampard está nas oitavas da Liga dos Campeões em sua segunda temporada como treinador. E o classificado é justamente o time em que o ex-meia fez história dentro de campo. No Stamford Bridge, em Londres, o Chelsea dominou o jogo, sofreu na parte final e teve sua defesa vazada pela sexta vez seguida. Mas, no fim, o time venceu o Losc Lille por 2 x 1 e se garantiu na fase de mata-mata da competição. Abraham e Azpilicueta fizeram os gols dos Blues. Remy, ex-Chelsea, foi às redes pelo Les Dogues. Com a vitória, a equipe de Lampard avançou na segunda colocação do Grupo H, com 11 pontos. O líder Valencia, que venceu o Ajax, fora de casa, por 1 x 0, ficou com a mesma pontuação, mas levou a melhor pelo critério de desempate. O Lille encerrou sua participação com apenas dois pontos conquistados.

PRIMEIRO TEMPO

Já eliminado e com a lanterna do grupo garantida, o Lille poupou cinco titulares para o jogo. O Chelsea também entrou com mudanças. Azpilicueta voltou para a lateral direita após alguns jogos em que atuou pela esquerda. Na primeira chegada do time da casa, Abraham escorou sem perigo para Maignan. Logo depois, o camisa 9 ajeitou para Pulisic, que, de perna esquerda, bateu para fora. O Chelsea tinha posse de bola no seu campo de ataque, mas falhava em encontrar espaços na defesa adversária. O time também errava nos cruzamentos. No primeiro acerto, Abraham errou o chute e a bola sobrou para Emerson testar Maignan. Depois, Kanté finalizou de primeira para fora. Com tanta insistência, o gol saiu aos 18’. Pulisic serviu Willian na direita. O atacante olhou para a área e cruzou para Abraham, que apareceu dentro da área para abrir o placar. A vitória parcial colocava o Chelsea na liderança do grupo. E o jogo era de um time só, tanto que a primeira finalização do Lille aconteceu apenas aos 23’, com Pied que chutou de longe sobre o gol de Kepa. No lance seguinte, em outro cruzamento fraco, Kovacic jogou nas mãos de Maignan.

Com o relógio em 26’ no Stamford Bridge, o Valencia abriu o placar contra o Ajax na Holanda. O resultado tirava o Chelsea da primeira colocação. Além disso, um gol sofrido pelos Blues tiraria a equipe da competição. Mesmo assim, os comandados de Lampard seguiram no ataque. Aos 30’, mais uma chegada do time inglês. Emerson, da entrada da área, finalizou novamente nas mãos de Maignan. Três minutos depois, Pulisic fez jogada individual pela esquerda e mirou Abraham no cruzamento, mas Gabriel afastou para os visitantes. Na cobrança de escanteio, Azpilicueta subiu sozinho e ampliou. 2 x 0.

O Lille tentou responder com
Thiago Maia, mas a finalização foi por cima do gol. Aos 40’, saiu o primeiro cartão do jogo, após entrada de Çelik em Kovacic. No minuto seguinte, mais uma finalização sem perigo do time francês, com Luiz Araújo. Aos 44’, Maignan se chocou com Zouma dentro da área. Após o atendimento, ambos seguiram em campo. Não por muito tempo, pois Tasos Sidiropoulos apitou o fim do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

O Chelsea começou o segundo tempo da mesma forma que terminou o primeiro: no campo de ataque. Willian saiu na cara de Maignan e não fez o terceiro graças ao pé esquerdo do goleiro. Três minutos depois, mais um duelo entre o 10 do Chelsea e o 16 do Lille, em cobrança de falta que Maignan defendeu em dois tempos. Aos 16’, Hudson-Odoi entrou no lugar de Pulisic. O Lille respondeu com a saída de Thiago Maia para a entrada de Bamba.

O Chelsea esfriou a partida e passou a administrar. Aos 26’, o treinador
Christophe Galtier decidiu fazer testes na equipe. O goleiro Maignan deixou o campo para a entrada do jovem Leo Jardim. E o brasileiro já trabalhou em defesa sem rebote no chute de Willian. Nem quando o Lille conseguiu sair do campo de defesa, o time conseguia finalizar. Luiz Araújo arrancou até a área adversária, mas sofreu o desarme de Zouma antes do chute.

Quando o jogo caminhava para um vitória fácil do Chelsea, o Lille descontou com um forte chute de Remy, aos 32’. Lei do ex em Londres. Com o jogo da Holanda ainda 1 x 0 para o Valencia, o Chelsea passou a jogar para não sofrer o gol de empate. E o Lille acordou e passou a pressionar o time inglês. Yazici finalizou com perigo para fora. Com isso, Lampard precisou mexer e lançou Mount na vaga de Kovacic. Aos 40’, Batshuayi girou na cara de Jardim e jogou por cima do gol a chance de definir a classificação. A tensão do lado londrino aumentou com cinco minutos de acréscimo. E o coração do torcedor quase parou quando Rudiger foi desarmado por Remy, que arrancou com espaço, mas bateu fraco nas mãos de Kepa. Hudson-Odoi também teve a oportunidade de marcar o terceiro, mas assim como Batshuayi, isolou. Restou ao Chelsea segurar a bola no ataque até o apito final. Chelsea classificado.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Garantido na próxima fase, o Chelsea aguarda o dia 16 de Dezembro quando serão sorteados os confrontos das oitavas. Antes, o time volta suas atenções para o Campeonato Inglês. Os Blues vão enfrentar o no sábado (14), às 12h (horário de Brasília), também no Stamford Bridge. Eles ocupam a quarta posição, com 29 pontos. Já o Lille, terceiro colocado no Campeonato Francês, com 28 pontos, recebe o Montpellier um dia antes, no Stade Pierre-Mauroy, às 16h45 (de Brasília).


Canal: Indian Roaster. Imagens: UEFA
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »