15/01/2020 às 11h11min - Atualizada em 15/01/2020 às 11h11min

Ushuaia: A cidade no "fim do mundo"

O fim do mundo pode ser mais bonito do que se espera

Gabriela Bittencourt - Editado por Jéssica Belo
Brasileiros em Ushuaia

A cidade cercada pela Cordilheira dos Andes está localizada no extremo sul do continente sul-americano e no arquipélago da Terra do Fogo que se divide entre Chile e Argentina, Ushuaia se proclama a cidade mais austral do planeta.

Inicialmente a economia de Ushuaia dependeu de atividades de pescadores, caçadores de lobos-marinhos, baleeiros e criadores de ovelhas. Mas, hoje, a cidade é um importante pólo turístico da Argentina e se tornou famosa com o slogan de Ciudad más austral del mundo (a cidade mais austral do mundo). Entre os passeios mais procurados na cidade é o famoso presídio onde hoje é um museu construído como estratégia de repovoamento. 

A temporada de pinguins em Ushuaia vai de outubro a março, e a colônia aumenta em janeiro. No verão a ilha chega a ter 20 mil pinguins Magallanes, esses, sim, são migratórios, ficando de outubro a março. Os passeios acontecem sempre com guias devidamente treinados, sendo que o número diário de visitas a ilha é limitado.

Imagem retirada do site Brasileiros em Ushuaia
 

A cidade ainda tem a temporada mais longa das estações de esqui da América do Sul, a partir do final de junho até o fim de setembro. Sendo a estação de esqui Cerro Castor uma das mais famosas, onde chega a receber milhares de turistas de todo o mundo, desde pessoas que querem aprender a esquiar até esquiadores mais experientes. A estação possui mais de 25 pistas para todos os níveis. 

Um dos cartões postais mais atrativos da cidade é o lago Laguna Esmeralda. Durante o inverno, ele fica totalmente congelado. O lago fica cercado pelos Andes, e para chegar até lá, é preciso fazer uma trilha de nível médio. 


Imagem retirada do site Brasileiros em Ushuaia

 

A agência Brasileiros em Ushuaia possui duas lojas físicas, sendo a única agência de turismo no aeroporto, dando todo o suporte em português. A empresa oferece pacotes com aéreo e terrestre e opera a maioria dos passeios na cidade. Recentemente, a Brasileiros em Ushuaia recebeu o Prêmio Internacional BID na categoria Ouro, numa convenção em Madri em vista da qualidade no atendimento.

O melhor lugar para se hospedar em Ushuaia é no centro com o comércio da Avenida San Martín, a principal de Ushuaia. Nas imediações fica o posto de informações da Secretaria de Turismo e as agências de receptivo, e dali saem as navegações pelo Canal de Beagle. 

Na gastronomia a especialidade local são os frutos do mar, principalmente a centolla, o caranguejo gigante que habita as águas frias da Terra do Fogo. A centolla é pescada na hora, direto dos aquários dos restaurantes do centro. O concorrido El Viejo Marino é um restaurante familiar que serve centolla de todo jeito, desde cozida à centolla a la parmesana. Com atendimento cortês, ambiente simples e pratos fartos, costuma ter fila na porta. Já o Almacén de Ramos Generales é o mais barato. Funcionou como venda há décadas atrás e é todo decorado com objetos antigos. O cardápio do restaurante muda diariamente.

Não existem casas de câmbio em Ushuaia, nem no centro da cidade, nem no aeroporto (mas no saguão de desembarque há caixa automático para saques). O câmbio é feito nas agências bancárias, como a do Banco Nación (San Martín, 190) e a do Banco Tierra del Fuego (Maipú, 897), no centro de Ushuaia. O expediente bancário é de segunda a sexta, das 10h às 15h, horário que concorre com os passeios. Por isso, é recomendável já chegar com pesos trocados em Ushuaia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »