03/03/2020 às 22h17min - Atualizada em 03/03/2020 às 22h17min

Atlético/GO e Santa Cruz/PE testam boa fase na Copa do Brasil

Dragão e Tricolor começaram bem o ano e lideram seus respectivos campeonatos estaduais

Gabriel Amorim - Editado por Paulo Octávio
Jogadores do Atlético/GO comemoram gol contra o Jaraguá/GO(Foto: Paulo Marcos/Atletico Goianiense)
Após dez anos, Atlético Goianiense e Santa Cruz voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil, desta vez pela segunda fase da competição, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, nesta quarta-feira (04), às 21h30 (horário de Brasília). Essa fase ainda é disputada em partidas únicas, mas, ao contrário da primeira fase, haverá disputa de pênaltis em caso de empate.  O classificado ganha 1,5 milhão de premiação da CBF e vai enfrentar o São José (RS) na terceira fase -- datas e mandos serão sorteados posteriormente. Dragão e Santa são líderes de seus respectivos torneios estaduais e chegam embalados para o confronto. No último final de semana, os donos da casa venceram o Jaraguá por 5x0 pelo Campeonato Goiano. Já o Tricolor bateu o Náutico por 2x0, em partida válida pelo Campeonato Pernambucano.  No último confronto entre ambos na Copa do Brasil, em 2010, o time goiano eliminou a Cobra Coral com duas vitórias (2 a 1 em Goiânia e 2 a 0 em Recife)
 
SANTA CRUZ

Mesmo após ser poupado do Clássico do último domingo (1), Pipico está fora da decisão de quarta-feira. Com uma lesão de grau dois na coxa direita, o atacante desfalca a equipe por pelo menos uma semana. Com isso, Victor Rangel deve permanecer na equipe. Célio Santos, com uma lesão na coxa direita também desfalca a equipe. Outro atleta que não figurou entre os titulares na última partida, Fabiano pode assumir a titularidade na lateral esquerda. O jogador volta a ser relacionado para uma partida a
pós sentir entorse e ser baixa nos dois últimos jogos da equipe Coral. Além dele, Didira é outro que também surge como opção entre os relacionados após ser acometido por uma virose.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Maycon Cleiton; Toty, William Alves, Danny Morais e Júnior (Fabiano); Paulinho, Bileu, Didira (João Cardoso); Jeremias, Mayco Felix e Victor Rangel. 
Técnico: Itamar Schülle

ATLÉTICO/GO

Após demitir Cristóvão Borges, o Dragão segue para a sua segunda partida sob o comando do auxiliar Eduardo Souza. Para a partida contra o Santa Cruz, Jorginho volta a ter condições de jogo após se recuperar de dores na coxa esquerda. Junto ao meia, mais outros três atletas voltam a figurar entre os titulares, tratam-se de Reginaldo, Gustavo Ferrareis e Renato Kayzer, que foram poupados da partida diante o Jaraguá.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Kozlinski; Reginaldo, Oliveira, Gilvan e Nicolas; Edson, Marlon Freitas e Jorginho; Matheuzinho, Renato Kayzer e Ferrareis. Técnico: Eduardo Souza

ARBITRAGEM

Ricardo Marques Ribeiro apita a partida, auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza, ambos de Minas Gerais.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Atlético/GO e Santa Cruz se enfrentaram em nove oportunidades, sendo três delas pela  Série A do Campeonato Brasileiro, outras quatro pela Série B e duas pela Copa do Brasil. Em termos de números, o Tricolor tem mais triunfos em relação ao Dragão. São quatro vitórias do Santa, contra três do Atlético e dois empates.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »