27/03/2020 às 14h14min - Atualizada em 27/03/2020 às 14h14min

Conmebol antecipa premiação das competições continentais

60% do montante poderá ser solicitado pelos participantes que disputam a Libertadores e Sul-Americana

Dara Oliveira - Editado por Paulo Octávio
Foto: Henry Romero/ Reuters
Em meio a suspensão das competições devido o avanço da pandemia de coronavírus, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) tomou uma importante decisão para ajudar os clubes que disputam os torneios continentais. Por meio de nota, a entidade anunciou que vai antecipar mais da metade da premiação destinada aos times que disputam a Libertadores e a Sul-Americana.  A confederação permite que as agremiações solicitem até 60% de adiantamento dos valores recebidos por direitos de participação. Conforme esclarecido na nota, essa  medida visa contribuir para o planejamento das agremiações participantes, pois a suspensão do calendário afeta diretamente o setor financeiro das instituições.

Situações como essa exigem respostas ágeis e excepcionais destinadas a preservar a saúde da grande família do futebol sul-americano para reduzir, tanto quanto possível, o impacto econômico da interrupção das competições”, esclareceu Alejandro Domínguez, presidente da confederação. 

Athletico-PR, Flamengo, Grêmio, Internacional, São Paulo, Santos e Palmeiras são os clubes brasileiros que poderão ter acesso aos recursos disponibilizados. A verba antecipada gira em torno de US$ 1,8 milhão (cerca de R$ 9,1 milhões). No caso de Vasco e Bahia, que disputam a segunda etapa da Sul-Americana, o montante é de US$ 225 mil (aproximadamente 1,14 milhão). 

Sem torneios para disputar, as agremiações perdem a renda gerada pelos torcedores quem frequenta os estádios e deixam de ter acesso aos valores de participação nos jogos. A realidade que muitos times enfrentam, e vão continuar enfrentando até o retorno das atividades, é a busca por acordos salariais para evitar atraso nos pagamentos. Em alguns casos os acordos vieram com mais facilidade, como na Alemanha. Os jogadores do Bayer de Munique e Borussia Dortmund sinalizaram a favor da diminuição do pagamento durante o período sem disputas. Já no Brasil ainda não há um consenso entre clubes e seus colaboradores acerca da possibilidade de redução na folha salarial. Jogadores já deram sinais que não vão aceitar receber menos.


LIBERTADORES PARALISADA E SEM PREVISÃO DE RETORNO

A CONMEBOL decidiu suspender os jogos da Libertadores após a finalização da segunda rodada da fase de grupos. A princípio, a decisão era válida para o período entre 15 e 21 de março. Entretanto com o avanço do novo Coronavírus e tendo em vista as medidas protetivas para evitar a propagação da doença, a suspensão foi prorrogada ao menos até 5 de maio. Porém tudo vai depender do avanço da doença na América do Sul.  A Sul-Americana também foi interrompida na segunda fase.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »