12/05/2020 às 17h10min - Atualizada em 12/05/2020 às 17h10min

Vettel não renova contrato e vai deixar a Ferrari no final da temporada

Tetracampeão mundial da Fórmula 1 não entrou em acordo com a equipe italiana

Matheus Aquino - Editado por Paulo Octávio
Vettel em corrida pela Ferrari. Foto: Techzle
Em comunicado publicado nesta terça-feira (12), no site oficial da escuderia, a Ferrari anunciou que o piloto Sebastian Vettel não renovará seu contrato, que é válido até o fim da temporada de 2020. Segundo a informação oficial, foi uma decisão em comum acordo. Após longas negociações, o esportista afirmou que questões financeiras não foram um fatores determinantes na resolução.

O piloto esperava uma renovação do vínculo por mais três anos, entretanto, acreditava que o piloto francês Charles Leclerc, que assinou até 2024 com a escuderia, seria favorecido. Na última semana, em entrevista, o ex- CEO da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, disse que Vettel estava sendo deixado em segundo plano. ‘’ É algo que já vimos antes. De repente surge um garoto do nada, ninguém nunca ouviu falar dele [Leclerc], mas ele aparece, age e todos se apaixonam por ele na Ferrari. Estou próximo de Sebastian, mas não conversamos sobre esses assuntos, mas suponho que ele sente que foi deixado em segundo plano ‘’, afirmou.

“Esta é uma decisão tomada em conjunto por nós e Sebastian, que ambas as partes consideram ser a melhor. Não foi uma decisão fácil de ser alcançada, dado o valor de Sebastian como motorista e como pessoa. Não havia razão específica que levasse a isso '', afirmou Mattia Binotto, diretora administrativa e chefe de equipe.



Vettel no pódio, no GP do Canadá, em 2019.                                                          Foto: 
Mark Thompson/Getty Images/Globoesporte

''Em nome de todos na Ferrari, quero agradecer a Sebastian por seu grande profissionalismo e pelas qualidades humanas que ele demonstrou ao longo desses cinco anos, durante os quais compartilhamos tantos grandes momentos. Ainda não conseguimos conquistar um título mundial juntos, o que seria um quinto para ele, mas acreditamos que ainda podemos tirar muito proveito desta temporada incomum de 2020 '', completou Mattia Binotto.

Sebastian Vettel por sua vez, afirmou que: ‘’meu relacionamento com a escuderia Ferrari vai acabar com o fim de 2020. Para obter os melhores resultados no esporte, é vital que todas as partes trabalhem em perfeita harmonia. Eu e o time percebemos que não havia mais o desejo em comum de seguirmos juntos após o fim dessa temporada. Questões financeiras não tiveram parte nessa decisão conjunta. Essa não é a forma que penso para tomar certas decisões e nunca será ‘’.


Vettel foi contratado pela Ferrari no fim de 2014 após ser tetracampeão pela Red Bull nas temporadas de 2010 a 2013. Pela escuderia italiana, o alemão venceu 14 Grandes Prêmios, tornando-se o terceiro piloto mais bem sucedido da equipe. Lidera o quesito de mais pontos conquistados na história marca. Nos cinco anos que esteve com os italianos, ele terminou o Campeonato Mundial entre os três primeiros por três vezes. Dessa forma, garantiu à presença constante do esquadrão na classificação dos construtores.

Nesse momento, o piloto alemão negocia com Renault e McLaren, que já teriam demonstrado interesse nos serviços de Vettel. A Ferrari, no entanto, tem Daniel Ricciardo, da Renault, e Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, como possibilidades para ser companheiro de Leclerc.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »