10/09/2020 às 14h43min - Atualizada em 10/09/2020 às 14h31min

Santos bate Atlético-MG e entra no G6

A equipe do técnico Cuca está a três jogos sem perder e conta com Marinho em grande fase

Gustavo Cardozo Moraes
Lance que gerou a expulsão do goleiro Rafael Foto:"Reprodução/bhaz.com.br"
Santos e Atlético-MG se enfrentaram nesta quarta-feira (9), pela nona rodada do campeonato brasileiro. A partida entre as equipes foi realizada no estádio da vila Belmiro. O time santista bateu o galo pelo placar de 3 a 1. Os gols do Santos foram marcados por Arthur Gomes e os outros dois pelo Marinho. O único tento marcado pelo time mineiro foi de Alan Franco. Com a derrota, o Atlético-MG deixou de dormir na liderança do campeonato e caiu para a quarta posição.

Pouco antes da bola rolar, os jogadores das duas equipes protestaram com os braços cruzados. O motivo da manifestação, foi pelo fato de “torcedores” do Figueirense terem invadido o treino do clube e agredirem os jogadores e dirigentes.

PRIMEIRO TEMPO 

O primeiro tempo foi bem movimentado, o jogo começou com Galo pressionando a equipe da baixada santista. Nos primeiros 13 minutos, o goleiro do Peixe fez pelo menos três boas defesas. Porém, o goleiro atleticano também resolveu aparecer, só que negativamente. Aos 15 minutos, em lance com o Marinho, o goleiro Rafael saiu da área e deu um carrinho no atacante, o arbitro Wagner do Nascimento Magalhães expulsou o jogador de forma direta. Com um a mais em campo, o Santos abriu o placar, aos 22 minutos, com Arthur Gomes, em jogada individual o atacante arrancou e bateu no gol, o goleiro Victor, que entrou no lugar de Marrony, falhou e a bola entrou.

Aos 35 minutos do primeiro tempo, mesmo com um a menos o Atlético-MG chegou ao empate com Alan Franco. Após saída errada do volante Jobson, Sasha arma contra-ataque e serve Alan, que conta com desvio antes da bola entrar. O empate não durou muito tempo, aos 39 minutos Marinho balançou as redes. Em jogada em profundidade pela direita, Madson serviu Marinho que só empurrou para o gol.

SEGUNDO TEMPO 

No segundo tempo o jogo caiu tecnicamente, o técnico Jorge Sampaoli tentou mudar o time, volto com o Keno no lugar do Savarino. Entretanto, a mudança não surgiu efeito. O galo tentava, mas não levava perigo. O peixe também não assustou na segunda etapa. O Único lance de perigo foi aos 26 minutos com um gol do Marinho, que foi anulado pelo assistente e confirmado pelo VAR.

O VAR voltou a aparecer na partida aos 50 minutos. Em uma saída de bola errada da equipe mineira, de novo ele, Marinho dividiu com o zagueiro Junior Alonso e caiu na área, o juiz mandou o jogo seguir. Porém, os assistentes do VAR chamaram o arbitro de campo para rever a jogada. Após revisão, Wagner do Nascimento Magalhães, marcou pênalti a favor do clube da Vila Belmiro. Marinho, em grande fase, bateu, marcou e deu resultado final a partida. O atacante do peixe chegou a artilharia do campeonato brasileiro e se juntou a Thiago Galhardo, do Internacional, com seis gols.


Marinho comemorando seu primeiro gol na prtida e o segundo do Santos  Foto:"Reprodução/Jovempan.com.br"

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O time santista enfrentará o São Paulo, no próximo sábado (12), na Vila Belmiro as 19h (horário de Brasília), pela décima rodada do campeonato brasileiro. E o galo pega o RB Bragantino, no Mineirão, no domingo , às 18h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »