18/09/2020 às 17h33min - Atualizada em 18/09/2020 às 17h25min

Turismo regional passa a ser 'novo normal' no pós-pandemia

Viagens dentro do próprio território estadual é aposta dos especialistas no setor

Melissa Costa - Alexandra Machado
Foto: Reprodução/Suno Notícias
Como já sabemos, devido à pandemia do novo coronavírus, o setor de turismo foi altamente afetado. A possibilidade de realizar viagens nacionais ou internacionais sofreu uma grande queda, já que fronteiras foram fechadas em vários lugares do mundo. Sendo assim, o chamado turismo regional, ou seja, viagens dentro de seu próprio território (na cidade ou no estado), passou a ser visto como uma possível solução para a retomada do setor, e é neste tipo de viagem que os especialistas apostam como o "novo normal" pós pandemia - pelo menos por um tempo.

Além de mais curtas e baratas, as viagens regionais também possuem um menor risco de contágio pelo novo coronavírus, é o que aponta pesquisa realizada pelo 
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) do Rio Grande do Sul. No estado gaúcho mais de 51% dos turistas residem a menos de 300 quilômetros do seu destino. Para o presidente da Associação do Vale do Rio das Antas, Elison Postal, esses números confirmam a tendência. "Está tendo um movimento de retomada [do turismo], mas ele fica restrito a turistas mais próximos". 

O fenômeno não é observado apenas no estado da região sul do país. Recentemente o governo de São Paulo autorizou a reabertura de parques temáticos ao ar livre, a partir do próximo dia 23 de setembro, como uma forma de manter o turismo em território regional. Segundo o secretário da pasta estadual, Vinicius Lummertz, permitir a reabertura desses parques irá de certa forma substituir viagens nacionais e internacionais. 

Em entrevista, o secretário afirmou "Essa retomada (...) dará condições a uma retomada segura pelo turismo de proximidade, que é a primeira demanda de retomada do turismo do estado (...) Portanto, substitui a viagem ao exterior e substitui a viagem interna, e até que as coisas se normalizem no mundo, dá-se uma opção de descentralização do turismo dentro do estado de São Paulo".

No Pará, a Secretaria de Estado do Turismo lançou junto a órgãos do governo estadual e empresários locais do ramo, uma campanha chamada "Redescobrir o Pará", parte da ação do Plano de Retomada da Atividade Turística, o "Abre Caminho". Para o secretário da pasta paraense, André Dias "a campanha surge para fomentar o turismo local". 

Ainda segundo Dias, a campanha é importante para que o paraense conheça ou revisite lugares dentro do estado "agora com um novo olhar". O que disse o chefe da pasta estadual do Pará, também pode ser levado para outros estados brasileiros. Muitos moradores de cidades e estados turísticos não conhecem seu próprio turismo, o que faz dessa nova modalidade de retomada do setor ainda mais especial. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »