31/10/2020 às 11h13min - Atualizada em 31/10/2020 às 10h11min

Amor: o elemento essencial de toda autoria

Fernanda Lima Freitas - Editado por Bruna Araújo
As plataformas que disponibilizam e-books, contos, crônicas e fanfics têm crescido cada vez mais e, consequentemente, têm ajudado diversos escritores iniciantes a seguir seus sonhos de terem suas obras lidas e prestigiadas pelo público em geral.

Os aplicativos preferidos dessa geração de escritores digitalizados são: Kindle Direct Publishing, Kobo Writing Life e, também, o Wattpad. Em cada uma delas o autor consegue publicar as obras sem muitos rodeios, podendo vir a ter grande reconhecimento e, caso ele tenha optado pela venda dos livros dentro da plataforma, receberá um retorno financeiro proporcional à sua venda.
 
Em uma entrevista on-line, duas autoras de e-books compartilharam a realidade vivida por elas para investir nesse novo formato. Emily White e Ana Clara Dantas são escritoras que iniciaram através da plataforma Wattpad, ambas tiveram tamanho reconhecimento que algumas de suas produções viraram também livro físico.

Emily, de 22 anos, conta que está na plataforma há pelo menos cinco anos e diferente do que muitos podem pensar, quando ainda era pré-adolescente, Emily não gostava de ler, mas por influência de uma melhor amiga, descobriu sua paixão pelo gênero da fantasia. O motivo para embarcar na produção de um livro veio através das decepções que White teve com os finais clichês de alguns livros que leu. Assim, ela decidiu criar suas próprias histórias, com qualquer começo, meio e fim que desejasse.
 
Emily preferiu viver no anonimato desde o seu primeiro cadastro no site, no qual utilizou o user @MissOfDreams por receio de não ser bem aceita na comunidade de leitores e autores. E mesmo depois de já perceber o quanto era ‘’abraçada’’ por cada usuário que prestigiava as suas produções, ela não alterou seu user, por conta do carinho que criou com o nome traduzido: “Senhorita dos Sonhos”.

A Senhorita dos Sonhos é autora da trilogia “Adotada por Vampiros”, a qual tem mais de 7 milhões de visualizações.  A jovem escritora agradece imensamente os leitores de suas obras, pois, segundo ela, foram eles que a incentivaram, deram conselhos, sugestões e, principalmente, lhe deram reconhecimento e visibilidade em um universo amplo e de muita concorrência. O primeiro e-book da saga virou também livro físico no ano de 2019 pela editora Ases de Leitura.

A segunda autora entrevistada, Ana Clara Dantas de 21 anos, comentou que a escrita veio como uma consequência. No início, Ana escrevia apenas contos e, tempo depois, surgiu a ideia de escrever e publicar um livro. Foi quando uma amiga apresentou o aplicativo Wattpad, no qual ela pôde se tornar oficialmente uma autora de e-books. Ana reconhece a importância de plataformas como a do Wattpad, pois de acordo com ela, o mercado editorial no Brasil é muito fechado e que "ser lido é o sonho de todo escritor, e essas plataformas são nossa maior oportunidade”. Ana explica também que o retorno financeiro é sim difícil de alcançar, mas não impossível.

A autora aponta que o Brasil ainda lê pouquíssimo e, como consequência, torna o nosso mercado mais escasso e inseguro para aqueles que se arriscam na produção e publicação de obras autorais e/ou independentes. Mesmo diante desse cenário, Ana também conseguiu ter uma de suas obras publicadas como livro físico. O livro “Doce Dezembro” está sendo publicado pela editora The Books, o qual foi descoberto na plataforma por um agente da editora que convidou Dantas para conhecer um pouco mais a distribuidora de livros.
 
Por fim, ambas autoras deram conselhos bastante válidos aos futuros escritores de livros digitais e/ou físicos. Emily White declara que entender quem é seu público é fundamental, pois, segundo ela, o feedback que é dado é extremamente importante para o aprimoramento das produções. Já Ana Clara Dantas aconselha para que o pupilo na escrita leia e escreva muito e, depois disso, mostre as obras realizadas para amigos para se obter opiniões diversas.

As duas autoras concordam que o amor em criar e desenvolver as produções é um elemento essencial. É isto que faz com que autores iniciantes possam realizar esse feito tão significativo, o de se expressar pelas palavras e criar histórias além da nossa imaginação.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »