15/12/2020 às 12h54min - Atualizada em 15/12/2020 às 12h24min

O pesadelo do Arsenal nesta temporada

O clube de Londres vive uma seca de vitórias que incomoda a torcida, além de mostrar um futebol pouco agradável

Caio Henrique Panini de Oliveira - editado por Wesley Bião
O capitão Xhaka expulso no confronto contra o Burnley (foto: Catherine Ivill)
A temporada 20/21 do Arsenal não começou da melhor forma. Os Gunners somam apenas 13 pontos na Premier League e além de não mostrar um bom futebol e os jogadores estarem dando resultado dentro das quatro linhas, ainda sofrem com uma sequência de derrotas que incomoda a todos.

Os torcedores tinham esperança para uma temporada consistente do Arsenal, afinal de contas o clube venceu na última temporada a FA Cup. Naquele confronto o time conquistou o triunfo pra cima do Chelsea por 2x1, assim levantando o troféu pela 14ª vez.  Logo depois da volta do futebol, em junho, a equipe londrina mostrou um bom futebol. Foram 13 jogos, oito vitórias, um empate e quatro derrotas. Fecharam aquela sequência de partidas com um troféu que deu muita moral para o comandante Mikel Arteta

O técnico implantou um novo jeito de jogar dos Gunners. O grupo foi tendo mais jovens a sua disposição. Willock, Maitland-Niles, Saka e mais alguns outros jogadores da base ganharam oportunidades e começaram a se destacar no time. Justamente por isso que a torcida estava muito animada por esta nova temporada, ainda mais com o título conquistado e também pela base que estava praticando um bom futebol.

A temporada até que começou muito bem. O time londrino conquistou a Community Shield em cima do Liverpool, Mas parou por aí e começou a decair ao longo deste novo Campeonato Inglês. A última vitória no campeonato nacional foi em novembro de 2020. Naquela ocasião, o clube venceu o Manchester United por 1x0 em Old Trafford. Desde lá são cinco derrotas e apenas um empate na competição.



Arsenal levantando o troféu da Community Shield 2020 (foto: Justin Tallis)

O clube está na 15ª colocação, apenas a cinco pontos da zona de rebaixamento. Definitivamente é uma temporada que não ira brigar por títulos, e sim para buscar uma vaga em alguma competição europeia. Na UEFA Europa Liga, o Arsenal é líder do Grupo B, mas as outras três equipes são tecnicamente bem inferiores. Molde, da Noruega, SK Rapid Wien, da Áustria e Duldalk, que atua no futebol irlandês, não dificultam a vida dos ingleses na competição. Os londrinos venceram todos os confrontos da primeira fase. Agora o conjunto comandado por Arteta ira enfrentar o Benfica na segunda fase, ou seja, será a primeira partida difícil dos Gunners no torneio.

Jogadores também não estão rendendo o esperado. Willian, contratado este ano, até agora não balançou as redes pelo novo clube. Nomes como Özil e Sokratis ficaram de fora de todos os campeonato e ainda não estrearam na temporada 20/21. As lesões também atrapalham. No total foram quatro lesões graves que tiraram as opções do técnico. O artilheiro na Premier League é o atacante francês Lacazette, que soma três gols até o momento. Partidas que eram consideradas fáceis para os londrinos são uma verdadeira pedreira. Um exemplo foi o confronto contra o Aston Villa dentro do Emirates Stadium, foi um desastre para os Gunners visto que eram os favoritos para o jogo. Os visitantes ganharam por 3x0, deixando o time da casa perdido na partida.


Willian e Lacazette que neste temporada estão abaixo do esperado (foto: 
Twitter Oficial do Arsenal)

Enfim, agora eles têm um calendário ainda mais complicado. Irão enfrentar o Southampton e logo depois o Everton. Em seguida encaram o Manchester City na Copa da Liga Inglesa. E, por fim, voltando ao Campeonato Inglês, o time de Mikel Arteta jogará contra o Chelsea no clássico de Londres. Times que estão abaixo dos Gunners começaram a somar alguns pontos. O Fulham empatou contra o Liverpool e o Burnley venceu o próprio Arsenal na 12ª rodada. No próximo jogo, o Brighton enfrentará o Fulham, um confronto direto na parte debaixo da tabela. Caso o Arsenal perca para o time do sul a situação ficará ainda mais preocupante. Fato é que para sair da situação que está a equipe necessita de mudanças que deverão ser feitas o mais rápido possível.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »