19/01/2021 às 20h05min - Atualizada em 19/01/2021 às 19h56min

Leicester vence o Chelsea e dorme na liderança da Premier League

Foi a primeira vitória da história do técnico Brendan Rodgers em cima dos Blues

Léo Abrantes - editado por Stefany Cardoso
Jogadores comemoram a vitória para o Leicester sobre o Chelsea (Foto: Divulgação/Twitter Leicester City)
O Leicester City e o Chelsea se enfrentaram nesta tarde de terça-feira (19),  em jogo válido pela 18ª rodada da Premier League, na cidade de Leicester, no King Power Stadium. A vitória de 2 x 0 contou com os gols de Wilfred Ndidi e James Maddison, ambos no 1º tempo. Com isso, o Leicester assume temporariamente a liderança do Campeonato Inglês, com 38 pontos, pois ainda pode ser ultrapassado por Manchester City e Manchester United, que jogam amanhã. Já o Chelsea foi ultrapassado pelo West Ham e agora está na 8ª colocação da tabela.
 
PRIMEIRO TEMPO
A partida começou com uma posse da bola maior para o time de Londres, que tentava começar jogadas desde a própria grande área até o gol do adversário, mas enfrentava uma marcação alta forte, algo que dificultava bastante essa saída de bola. O Leicester se aproveitava da dificuldade e retomava a posse sempre que possível.
 
Nessas recuperações, os Foxes aceleravam e atacavam, levando perigo ao gol do goleiro Mendy. Após um escanteio curto de jogada ensaiada, a bola sobrou para a Ndidi, na entrada da área, que finalizou no canto e abriu o placar da partida aos seis minutos de jogo.
 
Depois do gol, o Chelsea continuou com bastante dificuldade de criação, devido à pressão alta que continuava a atrapalhar. A solução foi começar a usar os jogadores de ataque, principalmente Christian Pulisic e Kai Havertz, um pouco mais recuados para abrir espaços, algo que deu um pouco mais de equilíbrio na partida.
 
Mas, mesmo com as tentativas dos Blues, quem tinha o controle das ações era o Leicester. O time conseguia se livrar das pressões do Chelsea, aproveitar contra-ataques e ser efetivo em bolas paradas e finalizações de fora da área. Além disso, a defesa conseguia impedir as criações de jogadas, mesmo que o time da capital conseguisse criar uma situação ou outra, por conta de lançamentos ou erros individuais de marcação, acabavam prejudicados. 
 
Ainda com o bom momento dos Foxes na partida, após um tiro de meta, a bola sobrou para Albrighton, que deu um belo lançamento para a grande área desarrumada do Chelsea, encontrando Maddison, que dominou, finalizou e aumentou o placar. Aos 41 minutos, o Leicester vencia por 2x0.
 
Ao fim da primeira etapa, o Chelsea somava 64% de posse de bola e quatro finalizações, enquanto o time da cidade de Leicester somava 36% e cinco finalizações – sendo quatro delas em direção ao gol.
 
SEGUNDO TEMPO
Diferentemente da primeira etapa, foi possível ver um Chelsea mais preciso, tentando explorar os momentos que a defesa adversária estava desarrumada e procurando mais os companheiros para diferentes jogadas. Apesar da visível melhora, os Blues enfrentavam ainda um adversário que era bastante perigoso nos contra-ataques.
 
Com o passar do tempo, o jogo ganhou um aspecto pouco competitivo, pois o Chelsea tinha dificuldades de construir jogadas ou chegar ao gol do adversário e o Leicester não encaixava mais nenhum contra-ataque perigoso; parecia confortável com o resultado.
 
Para tentar buscar o resultado, o Chelsea fez mudanças, colocando Ziyech e Timo Werner, mas pouco disso teve efeito na partida. O cenário bastante morno da partida se estendeu por grande parte do segundo tempo, apesar das tentativas do time de Londres de apertar a saída de bola e dos lançamentos em velocidade. Era o Leicester que chegava com mais frequência ao ataque, aproveitando o aspecto de já vencido dos Blues.
 
Mesmo com uma chegada mais perigosa ou outra, o Chelsea não conseguiu descontar o placar de 2x0, e, após três minutos de acréscimos, o jogo foi encerrado. Ao final, o Chelsea ficou com 65% de posse de bola e finalizou nove vezes ao gol, além de 57 tentativas de bolas longas.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
O Leicester enfrentará a equipe do Brentford, em jogo válido pela Copa da Inglaterra, no domingo (24), às 11:30. Também pela Copa e no domingo, o Chelsea jogará contra o Luton às 9h, em Stamford Bridge.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »