03/02/2021 às 20h51min - Atualizada em 03/02/2021 às 20h30min

Em meio a crise, São Paulo monitora situação de Gilberto

Centroavante teve passagem pelo tricolor entre 2016 e 2017, com números são excelentes

Brendo Romano - editado por Thamyres Pontes
Sites esportivos
Gilberto abraçando o então treinador, Rogério Ceni. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
O São Paulo está interessado na contratação do centroavante Gilberto. Atualmente, o camisa 9 defende o Bahia e já teve uma passagem pelo Tricolor entre 2016 e 2017, segundo informações do Portal Esporte News Mundo. Pelo Tricolor, Gilberto participou de 43 jogos, anotou 15 gols e uma média de 0,34 por partida. Entretanto, a falta de oportunidade acabou irritando o jogador, que decidiu buscar novos ares. Assim, transferiu-se para o Bahia.

Em 2018, o jogador concedeu entrevista ao Lance! e falou sobre esse episódio.

“Estava um pouco mais estressado por não ter recebido tantas oportunidades. Pelo Estadual, merecia ser mais aproveitado. Queria na verdade, e falei com a diretoria, que me contentaria em jogar seis ou sete jogos como titular e deixar o Pratto jogar o Brasileiro todo. Só queria isso e não aconteceu. Aí tomei a decisão de sair procurar outros ares”, finalizou.
Porém, os representantes do jogador não confirmaram a sondagem e alegaram que o atleta está focado na reta final do Campeonato Brasileiro. Além disso, disseram não estar ciente de qualquer atividade de mercado. Pelo Bahia, o centroavante atuou em 129 partidas, e marcou 56 gols, uma média de 0,43 por disputa. Dessa forma, Gilberto é considerado peça fundamental para o Tricolor de Aço. Assim, caso haja interesse, uma compensação financeira deverá ser cobrada. Em setembro de 2020, o Grêmio ofereceu R$12 milhões aos baianos, que prontamente recusaram e pediram R$ 25 milhões.
 
Para a posição, o São Paulo conta com Pablo e Brenner. O primeiro, não tem agradado e sofre com as críticas por parte da torcida. Já Brenner, segue valorizado e é alvo de diversas especulações no mercado da bola. Por isso, caso haja uma proposta vantajosa ao clube, deverá ser negociado. Portanto, a equipe paulista busca reforçar o setor ofensivo para a temporada que vai se iniciar. Por outro lado, a agremiação sofre com os efeitos da pandemia e vive uma grave crise financeira.  
 

CRISE NO MORUMBI E DEMISSÃO DE DINIZ
 
 
Em 2021, o São Paulo ainda não venceu e para piorar despencou na tabela. Na última rodada, após derrota para o Atlético-GO, Fernando Diniz acabou demitido do comando técnico. Assim, o interino Marcos Vizolli assume nesta reta final de temporada. São 58 pontos conquistados, em 33 jogos, além da 4ª posição na tabela. O Tricolor tenta se classificar para a fase de grupos da Copa Libertadores e terá que melhorar o desempenho nas últimas rodadas.
 
Em 2020, o time foi eliminado nas quartas de final do Paulistão, fase de grupos da Copa Libertadores, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil. Fatores que contribuíram para a ira da torcida, que atacou o ônibus do São Paulo no trajeto para o estádio do Morumbi. Por fim, Júlio Casares terá muito trabalho para colocar o clube nos trilhos e montar uma equipe capaz de conquistar um título, pois o Tricolor vive um jejum de oito anos sem levantar uma taça. A última foi a Sul-Americana de 2012.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »