09/02/2021 às 19h58min - Atualizada em 09/02/2021 às 19h54min

Juventus segura a Inter de Milão e avança à final da Copa da Itália

Vitória no primeiro jogo foi o suficiente para assegurar a classificação à equipe de Turim

Paula Sant Ana - editado por Wesley Bião
Disputa de bola entre Skriniar e Cristiano Ronaldo, pela Copa da Itália (Foto: Getty Images)

Inter e Juventus se enfrentaram na tarde desta terça (9) pela partida de volta da semfinal da Copa da Itália e, apesar da superioridade dos Nerazzurri, o placar final foi de 0x0. Jogando em casa, a Juve conseguiu conter o rival e classificou para a grande final. O resultado de 2x1 conquistado no Giuseppe Meazza deu à Vecchia Signora certa tranquilidade no placar. Esta será a sétima final da Copa da Itália que a equipe disputa em dez anos. Nesta quarta (10), às 16h45 (horário de Brasília), Napoli e Atalanta disputam a outra vaga. 

 

PRIMEIRO TEMPO 

Cada equipe buscou impor seu jogo. De um lado, a Juventus foi a campo com um placar favorável, pôde trabalhar a bola e administrar o tempo. Já a Inter foi em busca de falhas dos Bianconeri e tentou investir nas saídas de bola com os pés do experiente Buffon. A volta de Lukaku transformou a partida se comparada ao primeiro confronto da semifinal. Aos nove minutos um pedido de pênalti pelos Nerazzurri depois que Lautaro e Bernardeschi, em disputa de bola, se chocaram. O árbitro prosseguiu com a partida sem necessitar do auxílio do VAR.

 

Cristiano Ronaldo buscou o jogo, mas foi parado por Darmian aos 13 minutos no campo defensivo. O lance rendeu o primeiro cartão amarelo da partida ao lateral. Hakimi fez a defesa rival trabalhar. Aos 24, sofreu uma falta de Alex Sandro a poucos centímetros de distância da pequena área. Dessa falta, Eriksen cruzou e Lukaku mandou para fora. Cerca de sete minutos depois, Brozovic chutou de fora da área e Buffon encaixou sem sustos.

 

Nos minutos finais, Cristiano Ronaldo recebeu de Bernardeschi e chutou sem ângulo com a perna esquerda, Handanovic fez boa defesa com as pernas e manteve a Inter viva no jogo. 

 

SEGUNDO TEMPO

Ainda em busca de virar o resultado negativo construído na primeira partida da semifinal, os Nerazzurri retornaram do vestiário com ainda mais vontade de gols. O empate não interessava e uma vitória simples, por 1x0, também não. O necessário era, no mínimo, dois gols para avançar à final. Aos 52, Hakimi recebeu de Barela e chutou de esquerda, mandando rente à trave. 

 

Em contra-ataque rápido, o camisa 7 da Juventus decidiu agir em lance com Rabiot do lado esquerdo, mas a bola subiu demais. Cristiano Ronaldo teve a melhor chance da partida em seus pés para matar de vez qualquer possível reação da Inter. Em jogada rápida com McKennie, Cristiano chutou em cima do goleiro Handanovic, que fez uma bela defesa. 

 

Aos 29, Sensi teve chute bloqueado por Alex Sandro, de cabeça, quase um peixinho, assim cedendo escanteio para a equipe de Milão. Apesar do esforço, Antonio Conte e companhia já estão fora de todas as competições europeias e agora recém eliminados da Coppa Italia, restando só a disputa da Série A até o final desta temporada.

 

PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Ainda na caça ao Milan, ambas as equipes seguem vivas na Série A. No sábado (13), às 14h (horário de Brasília), a Juventus enfrenta o Napoli fora de casa. Já a Inter de Milão joga em casa contra a Lazio, às 16h45 (horário de Brasília), no próximo domingo (14). Ambas partidas são válidas pelo Campeonato Italiano. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »