13/02/2021 às 23h08min - Atualizada em 13/02/2021 às 22h53min

Santos volta a vencer e rebaixa o Coritiba para a segunda divisão

Peixe volta a triunfar após seis partidas aumentando as chances por uma vaga na Libertadores

Carolina Lipares - Editado por Juan Camilo
Marinho comemorando seu gol (Foto: Divulgação/Twitter Santos)
Santos recebeu o Coritiba pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro neste sábado (13), na Vila Belmiro e saiu vitorioso por 2 a 0. O Peixe venceu após seis partidas de jejum. Em oitavo lugar e com 50 pontos, ainda está na briga pela libertadores. Já o Coxa, está em 19° lugar na tabela com apenas 28 pontos. Mesmo que vença os próximos jogos, o Coritiba está rebaixado para Série B.
 
PRIMEIRO TEMPO
 
O Santos começou pressionando logo no início, Kaio Jorge fez o pivô, mandou para Marinho que com a perna direita arriscou, mas foi para fora. Logo depois a tentativa foi com o Soteldo, Sandry recebeu e mandou na área para o meia, que subiu e cabeceou para fora. Aos 12 minutos, Kaio Jorge lançou a esquerda de Soteldo, que soltou uma bomba, mas bem distante do gol.

O Peixe começou a ter problemas de criação, diminuindo a sua intensidade na partida. Já a equipe paranaense continuou sem forças, não conseguindo chegar próximo da área adversária, apenas esperando o contra-ataque.

Logo aos 30 minutos em um escanteio, a bola parou em Soteldo na entrada da área, cortou para Marinho que acabou sendo derrubado, executando uma falta. Marinho foi para a bola, encheu o pé, mas não passou da barreira.

Em uma arranca de Marinho pelo meio, o atacante fez uma jogada de combinação com Lucas Braga, onde devolveu de letra para o camisa 11, que tocou de cobertura e abriu o placar na Villa. Com esse gol, Marinho chegou ao seu 17° e se igualou em número de gol, com Claudinho na artilharia do Brasileirão.

Nos últimos minutos o jogo, o Peixe ainda tentou criar mais uma chance, Kaio Jorge cruzou à meia altura para Marinho, que de cabeça mandou para o lado de fora da rede. A primeira etapa terminou com o Santos criando boas chances na partida, e o Coxa recuado, deixando de jogar.

SEGUNDO TEMPO
 
Na segunda etapa, o Coritiba, time de Gustavo Morínigo, voltou melhor para a partida e obteve uma reação. No primeiro minuto, Matheus Oliveira foi acionado pela esquerda, soltando uma pancada para João Paulo, que espalmou para fora.

Com o Coritiba buscando espaços, Robson recebeu pela direita e mandou para Ricardo, de carrinho mandou para fora com muito perigo. Aos 18 minutos, Soteldo encontrou Felipe Jonatan, que cruzou para Jean Mota que de primeira, chutou no canto esquerdo de Arthur, espalmando para salvar o coxa.

Coritiba continuava na tentativa de um contra-ataque para empatar com o Peixe, mas a zaga do Santos afastava qualquer tipo de perigo. Aos 37 minutos, em uma bola na área contada por Jean Mota, Laércio desviou com a cabeça, mas Marcos Leonardo, sozinho, mandou para o fundo da rede. A arbitragem utilizou o VAR, com dúvida da posição de Laércio, mas o gol foi confirmado para o desespero dos comandados de Gustavo Morínigo.

O Coxa ainda teve uma última chance de bola parada, mas nada fez. Assim, a partida acabou em 2 a 1 para o time Alvinegro praiano, rebaixando assim o Coritiba para a Série B.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS

Ambas as equipes jogam nesta quarta-feira (17), por jogos atrasados no Brasileirão. O time alvinegro terá um clássico pela frente, recebe o Corinthians na Vila Belmiro, um jogo atrasado da 33ª rodada, às 19h. Já o Coxa, enfrenta o Palmeiras, em jogo atrasado da 35ª rodada, 19h30  (todos em horário de Brasília), no Couto Pereira.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »