17/02/2021 às 23h45min - Atualizada em 17/02/2021 às 23h40min

Em duelo direto por vaga na Libertadores, Santos vence clássico contra o Corinthians na Vila Belmiro

Jogo foi marcado por futebol ruim no primeiro tempo, com direito a apagão no estádio. Soteldo, em noite inspirada, ajudou a equipe vindo do banco de reservas

Lucas de Almeida Andrade - editado por Wesley Bião
Marcos Leonardo comemora o gol que definiu o clássico (Foto: Anderson Lira/Estadão Conteúdo)

O Santos venceu o Corinthians na noite desta quarta-feira (17) pelo placar de 1x0 em jogo atrasado da 33ª. O clássico ocorreu na Vila Belmiro e o gol da equipe da casa foi marcado por Marcos Leonardo, aos nove minutos do segundo tempo. Além de toda história e tradição no confronto entre ambas as equipes, o duelo era de suma importância na briga pela vaga na Libertadores

 

Com a vitória, o Alvinegro Praiano mantém a oitava posição na tabela com 53 pontos, apenas a três pontos do Grêmio, equipe que no momento fecha os classificados à principal competição continental. Já o Timão caiu para a décima posição e estaciona nos 49 pontos e deve brigar apenas por vaga na Copa Sul-americana.  

 

Esta foi a sétima vitória consecutiva do Santos sobre o rival jogando em casa. A última vitória do time da capital foi em 2014, quando venceu na Vila pelo placar de 1x0 em jogo válido pelo Brasileirão. 

 

PRIMEIRO TEMPO

 

O Corinthians começou melhor o confronto criando duas oportunidades de gol com menos de dez minutos. Entretanto, na marca de 12 minutos, um apagão atingiu o estádio e fez a partida ficar paralisada por 16 minutos. Foi a segunda vez que tal fato ocorreu na Vila em menos de dois meses. No dia cinco de dezembro no clássico entre Santos e Palmeiras, um apagão durante o intervalo da partida fez com que ele fosse prolongado por cinco minutos até o restabelecimento da energia elétrica. 

 

Com as luzes de volta, os alvinegros fizeram um recomeço fraco e sem brilho. Se o começo da partida prometia um jogo envolvente e corrido, com a volta das luzes apenas uma boa chance de gol foi criada pelos rivais. Uma cabeçada de Luiz Felipe exigiu boa defesa de Cássio.   

 

SEGUNDO TEMPO

 

Insatisfeito com o desempenho de sua equipe, o técnico Cuca decidiu mudar para vencer a partida. Logo na volta do intervalo, Soteldo, que estava sendo poupado por causa de dores musculares, entrou no jogo no lugar do volante Ivonei

 

A entrada do venezuelano fez toda a diferença para que seu time começasse a jogar melhor. Logo no início do segundo tempo, o Peixe criou duas boas oportunidades nos dois primeiros minutos. Aos seis minutos, o ponta recebeu lançamento de Marinho, invadiu a área e chutou para boa defesa de Cássio, que ainda deu rebote, mas Fábio Santos conseguiu bloquear o chute do jogador da seleção da Venezuela. 

 

Aos nove minutos saiu o único da partida. Após chute de Soteldo, o goleiro corintiano fez outra defesa e no rebote Marinho cruzou para a área, encontrando Marcos Leonardo que só completou para as redes.  Foi o quinto gol dele na temporada e a oitava assistência de Marinho na competição. 

 

O esforço do camisa dez do Santos foi tanto que aos 20 minutos sentiu dores e pediu para sair. O técnico Vagner Mancini até tentou mudar a história da partida após o gol, colocando em campo Cazares e Otero, mas sem efeito prático algum no desempenho de sua equipe. O Santos controlou a partida após o gol e esteve muito mais perto de ampliar o placar do que sofrer um gol. 

 

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

 

Ambas as equipes voltam a campo no próximo final de semana pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. O Corinthians joga em casa contra o Vasco em duelo importante para a equipe carioca, que luta contra o rebaixamento. Em sua jornada para chegar à Libertadores, o Santos receberá a visita do Fluminense, que já está classificado para a principal disputa continental de 2021. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »