18/02/2021 às 20h55min - Atualizada em 18/02/2021 às 18h21min

Com show no segundo tempo, a Seleção Feminina vence a Argentina na Copa SheBelieves

Em trocas de peças no intervalo, o Brasil aplica goleada no clássico

Juan Camilo - editado por Thamyres Pontes
Jogadoras da Seleção Feminina comemorando o gol. Foto: Sam Robles / CBF
Na quinta-feira (18), Brasil e Argentina se enfrentaram no estádio Orlando City, às 17h14  (horário de Brasília), em confronto válido pela primeira rodada da Copa SheBelieves 2021. Sendo assim, a Seleção Canarinho derrotou com goleada La Albiceleste, pelo placar de 4 x 1.
Com o resultado, a Seleção Brasileira feminina conquistou os três pontos importantes, para tentar ganhar o título inédito. Por outro lado, as rivais estão em último lugar, com saldo negativo de três gols. Aliás, vale lembrar que a equipe que somar mais pontos é a campeã do torneio, se houver empate. O critério será decidido em saldo geral de gols, confrontos diretos e Fair Play.
Além disso, com o gol marcado, a atacante Debinha ampliou sua fase artilheira. Dessa forma, a atleta chegou a 11 gols em 14 partidas na "Era Pia Sundhage", treinadora que assumiu a seleção feminina em agosto de 2019. 
PRIMEIRO TEMPO
A primeira etapa iniciou com o Brasil pressionando no clássico. Debinha cobrou a falta, mas Sole James cabeceou para fora. Logo depois, Marta bateu escanteio e Tainara finalizou de primeira, porém, a goleira argentina defendeu.
Em contrapartida, a seleção Albiceleste respondeu. Yamila Rodríguez avançou pelo lado direito, mas chutou em Aline Reis, sem perigo. Ao passar do tempo, a Seleção Canarinho ficou com dificuldades de criar chances de gols, por conta da forte marcação das hermanas.
Aos 20 minutos, Debinha arriscou de primeira, após escanteio curto, mas a bola passou muito perto da trave. Posteriormente, Sole James foi lançada para o ataque, mas a goleira brasileira afastou o perigo. Logo aos 29 minutos, em cobrança de pênalti, Marta converteu rasteiro no lado esquerdo, e abriu o placar.
Assim sendo, a equipe de Pia buscou ampliar no confronto. Bia Zaneratto recebeu um ótimo passe na área, porém, foi muito forte para as mãos da Solana Pereyra. Debinha tentou em cruzamento, mas foi de graça para a arqueira argentina. Yamila Rodríguez cobrou escanteio e quase fez um golaço olímpico. Por outro lado, a Aline estava atenta, com a bola, na primeira trave.
Dessa maneira, as adversárias começaram a crescer na partida. Primeiramente, antes de acabar a etapa inicial, Carlos Borello fez substituições para mudar o cenário do jogo. Sophia Braun e Sole Jaimes saíram para a entrada de Mariana Larroquette e Yael Oviedo. Por fim, a equipe até tentou buscar uma reação, mas não conseguiu empatar.
 
SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o  Brasil começou ampliando o jogo. Principalmente, com as entradas de Andressinha e Bruna Benites no lugar de Júlia Bianchi e Tamires. Pois, Debinha recebeu um lançamento na entrada da área e chutou na saída da goleira.
Em ótima transição do ataque rápido brasileiro, Adriana recebeu o passe da camisa 9, e finalizou sem chances para a goleira adversária. Com isso, a pressão do poder ofensivo controlou a Seleção Argentina, com a forte marcação na saída de bola.
Aos 14 minutos,Yamila Rodríguez cruzou na segunda trave e Camilinha não acompanhou a camisa 19. Consequentemente, Mariana Lorroquette cabeceou livre para os fundos das redes, diminuindo no placar. Andressinha arriscou de primeira, a goleira deu rebote, mas defendeu posteriormente.
Em ataque rápido do Brasil, Cristiane, em movimentação, deu um belo passe à Geyse, que, sem ângulo, chutou cruzado e encobriu a Solana Pereyra. Dessa forma, a atleta fez o quarto gol, selando a vitória brasileira.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
O Brasil enfrenta a seleção dos Estados Unidos na segunda rodada da Copa Shebelieves, no domingo (21), às 17h, no estádio Orlando City. Já a Argentina enfrenta a seleção do Canadá, no mesmo dia e lugar, às 20h. Ambas as partidas acontecem conforme o horário de Brasília.








 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »